• /int
  • /eu
  • /uk
  • /au
  • http://www.axi.group/ar-ae
  • http://www.axi.group/en-ae
  • http://www.global-edge.info/cn
  • /es-mx
  • /fr-ma
  • http://www.edge-cn.co/id
  • /it-ch
  • /kr
  • /pt
  • /th
  • /tw
  • http://www.global-edge.info/vn
  • /zh-au
  • /jp
  • /za
  • http://www.solarisih.com/vu
  • http://www.axi-global.com/chn

O que é o trading de petróleo e como operá-lo?

Commodities /
Milan Cutkovic

O que é o petróleo?

O petróleo é uma commodity altamente valorizada, imprescindível para muitas indústrias em todo o mundo. Como um recurso de energia não renovável, o petróleo vem em diferentes formas, como o petróleo bruto, que é extraído do solo, e produtos petrolíferos refinados como gasolina, diesel e combustível de aviação. O preço do petróleo é influenciado por fatores como oferta e demanda, eventos geopolíticos e condições econômicas.

O que é o petróleo bruto?

O principal tipo de petróleo comercializado nos mercados é o petróleo bruto, um produto petrolífero não refinado de ocorrência natural que é extraído da terra. A composição do petróleo bruto pode variar significativamente em função da sua origem, o que significa que existem diferentes tipos ou graus de petróleo bruto. Aqui estão alguns dos principais tipos de petróleo bruto:

  • Petróleo Brent: O petróleo Brent é um dos tipos de petróleo bruto mais comercializados e de maior referência. Ele é extraído de campos petrolíferos no Mar do Norte e é composto principalmente por uma mistura de petróleo de vários campos petrolíferos da região, o que torna conveniente o transporte através de petroleiros. O petróleo Brent é conhecido pelo seu teor de enxofre relativamente baixo e pela elevada gravidade API (American Petroleum Institute), uma medida do quão pesado ou leve um líquido petrolífero é comparado com a água. Isso o torna um petróleo bruto “leve” e “doce”. É comumente usado como preço de referência para o trading global de petróleo.
  • Petróleo WTI (West Texas Intermediate): O petróleo WTI é outro petróleo bruto de referência popular. Ele é extraído dos Estados Unidos, principalmente de campos de petróleo no Texas e arredores. Uma vez que estes campos petrolíferos não têm litoral, o transporte de Petróleo WTI é relativamente caro em comparação com o Brent. O petróleo WTI é considerado um petróleo bruto leve e doce, assim como o Brent. É conhecido por sua elevada gravidade API e baixo teor de enxofre. O petróleo WTI é negociado na NYMEX (New York Mercantile Exchange) e serve como referência de preços para o petróleo bruto produzido na América do Norte.
  • Petróleo Dubai: O petróleo Dubai é um petróleo bruto de grau médio produzido principalmente no Oriente Médio. Ele é referência para os preços do petróleo no mercado asiático. O petróleo Dubai tem um teor de enxofre mais elevado e uma gravidade API mais baixa em comparação com o Brent e o WTI. É frequentemente utilizado como referência para a fixação de preços dos tipos de petróleo bruto do Oriente Médio e da Ásia.
  • Petróleo LLS (Luisiana Light Sweet): O petróleo LLS é um tipo de petróleo bruto produzido na região do Golfo do México, nos Estados Unidos. É um petróleo bruto leve e doce, como o Brent e o WTI. O LLS é comumente usado como referência para precificar o petróleo bruto produzido na costa do Golfo dos EUA.
  • Cesta da OPEP: A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) calcula o preço médio de uma cesta de petróleo bruto produzido por seus países membros. Esta cesta inclui vários tipos de petróleo bruto de países como Arábia Saudita, Irã, Iraque, Kuwait e Venezuela. A cesta da OPEP serve de referência para a fixação de preços do petróleo bruto produzido pela OPEP.
  • Petróleo bruto canadense: O Canadá é um importante produtor de petróleo bruto, e diferentes tipos de petróleo bruto são extraídos de suas terras petrolíferas e reservas de petróleo convencionais. Os tipos de petróleo bruto canadense incluem o WCS (Western Canadian Select), Syncrude e Cold Lake Blend. Os petróleos brutos canadenses são geralmente pesados e contêm níveis mais elevados de enxofre em comparação com os petróleos brutos leves e doces, como o Brent e o WTI.

 

O que é o mercado do petróleo?

O mercado petrolífero refere-se à rede global de compradores e vendedores envolvidos na produção, refinação, distribuição e consumo de petróleo. É um mercado complexo e altamente influente que impacta significativamente a economia global. Os principais países produtores de petróleo, as empresas petrolíferas, os traders e os consumidores são todos participantes ativos neste mercado. O mercado de petróleo é conhecido por sua volatilidade devido a fatores como tensões políticas, desastres naturais, decisões tomadas por órgãos governamentais (como a OPEP) e mudanças na demanda global.

O que afeta os preços do petróleo?

Existem muitos fatores que influenciam o preço do petróleo. Como regra geral, é importante que qualquer pessoa que opere o petróleo se mantenha atualizada com as notícias econômicas e as tendências do mercado para garantir uma maior compreensão de como os preços são afetados. Aqui estão alguns dos principais fatores que afetam os preços do petróleo:

  • Situação da economia: Quando uma economia não está tendo um bom desempenho, há menos necessidade de petróleo, fazendo com que o preço caia. À medida que a economia melhora, a procura de petróleo se recupera e os preços aumentam.
  • Força do dólar americano: O petróleo é indexado e trocado em dólares americanos, o que significa que o valor do USD tem um grande impacto nos preços do petróleo. O dólar fortalecido pode baixar os preços, e o dólar fraco os faz subir.
  • Especulação do mercado: Os preços do petróleo são fixados no mercado futuro, o que significa que a especulação de eventos futuros pode afetar os preços. Por conseguinte, os traders devem acompanhar as notícias que possam afetar os preços.
  • Novas fontes de energia: O crescimento da produção de energias renováveis (ou seja, solar e eólica) pode provocar uma diminuição da dependência do petróleo, provocando assim uma queda dos preços.
  • Produção global de petróleo: A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), juntamente com os principais países produtores de petróleo como os EUA, o Canadá e a China, são as principais influências no preço e na oferta do petróleo. Como tal, os preços do petróleo caem quando a produção aumenta, e sobem quando a produção é restrita.
  • Fatores externos: Eventos como desastres naturais, guerras e instabilidade geopolítica podem afetar gravemente os preços do petróleo. Quando a produção ou a oferta são reduzidas devido a um evento de choque imprevisto, a compra em pânico conduz frequentemente a preços mais elevados.

 

O que é o trading de petróleo?

O trading de petróleo envolve a compra e venda de contratos de petróleo com o objetivo de lucrar com as flutuações de preços.

Os traders podem participar no mercado do petróleo através de vários instrumentos financeiros, incluindo contratos de futuros, opções e contratos por diferença (CFDs). O trading de petróleo oferece oportunidades para especular os movimentos de preço do petróleo sem a necessidade de possuir ou entregar fisicamente a commodity. Em outras palavras, não é necessário comprar um barril físico de petróleo para negociá-lo; basta especular se o preço desse petróleo vai subir ou descer no mercado aberto.

O petróleo é essencial para o transporte global e é um ingrediente básico crucial na produção de todas as coisas, desde eletricidade e plásticos a cosméticos e produtos farmacêuticos. Devido à sua importância no mercado global, muitas indústrias monitoram de perto o preço do petróleo e o comercializam ativamente no mercado petrolífero. Isto confere ao mercado petrolífero um elevado nível de volatilidade.

 

how does oil trading work

Como funciona o trading de petróleo?

As duas principais formas de negociar petróleo on-line são os CFDs à vista e CFDs futuros.

  • CFDs à vista de petróleo: Trata-se de comprar petróleo pelo preço de mercado atual. Esta é a forma mais simples de se negociar o petróleo e é normalmente utilizada com prazos de contrato mais curtos, variando de algumas horas a várias semanas.
  • CFDs de futuros de petróleo: Os contratos de futuros de petróleo são uma forma de investimento mais sofisticada do que os CFDs à vista. Os futuros de petróleo normalmente têm durações de contrato mais longas, abrangendo meses ou anos. Se você prevê o aumento do preço do petróleo no futuro, você poderia firmar um contrato com um vendedor, acordando um preço a ser pago hoje, de modo a que, quando o petróleo físico for entregue no termo do contrato, você possa vender o petróleo físico por mais do que pagou por ele.

Vamos considerar um exemplo de trading de petróleo usando um CFD no West Texas Intermediate (WTI), um petróleo bruto de referência, onde o preço de mercado atual é de US$ 70 por barril.

Se um trader acredita que o preço vai subir, eles podem operar em longo e comprar um CFD para 10 barris de WTI pelo preço atual de US$ 70 por barril. Se o preço aumentar para US$ 75 por barril, o trader pode vender o CFD e obter um lucro de US$ 50:

([US$ 75 - US$ 70] * 10 barris) = lucro de US$ 50

Por outro lado, se o preço cair para US$ 65, isso resultará em uma perda de US$ 50.

([US$ 65 - US$ 70] * 10 barris) = perda de US$ 50

Trading de CFDs de petróleo

Como o trading de petróleo na forma de CFD não envolve a propriedade física do ativo, os traders podem lucrar com as mudanças de preço em qualquer direção do mercado.

Por exemplo, se um trader previr que o petróleo cairá do seu preço atual de US$ 70 por barril nos próximos meses, ele pode vender um contrato de CFD de futuros de petróleo a US$ 65 por barril. Se o preço do petróleo cair para o nível de US$ 65 até a data de vencimento do contrato, eles obterão um lucro de US$ 5 por barril.

 

why trade oil

Por que negociar petróleo?

O trading de petróleo oferece vários benefícios quando comparado com outras formas de negociação e investimento.

Em primeiro lugar, o petróleo é um mercado altamente líquido, sendo relativamente fácil de entrar e sair das operações. E como os preços do petróleo são influenciados por eventos globais, existe uma grande probabilidade de que um grande evento ou notícia em algum lugar ao longo da cadeia de oferta ou demanda crie flutuações de preço, gerando oportunidades de negociação.

Além disso, como o petróleo é uma commodity tão vital em todo o mundo, a procura consistente é efetivamente assegurada e o potencial de lucro permanece. Ademais, o trading de petróleo permite a diversificação, uma vez que está menos correlacionado com os mercados financeiros tradicionais, como ações e índices.

Por último, podendo o petróleo ser negociado na forma de CFD, não há exigência de possuir qualquer produto físico. Quando combinado com alavancagem, os traders podem ampliar seus retornos potencialmente. Observe, no entanto, que a negociação alavancada também intensifica perdas potenciais.

 

how to trade oil

Como negociar o petróleo?

Aqui está um guia básico, com um passo a passo sobre como começar a negociar o petróleo nos mercados globais:

  1. Encontre uma corretora: Comece pesquisando e comparando diferentes corretoras on-line que ofereçam serviços de trading de petróleo. Procure corretoras confiáveis, regulamentadas, que tenham boas avaliações de clientes, que ofereçam plataformas fáceis de usar, tenham taxas competitivas e forneçam acesso ao mercado de petróleo, especificamente, aos produtos que você deseja negociar.
  2. Abra uma conta: Depois de selecionar uma corretora, abra uma conta de trading. Como parte dos requisitos de regulamentação, para a segurança da sua conta e proteção contra fraudes, a corretora deve averiguar suas habilidades de negociação e verificar sua identidade, solicitando sua identificação e documentação de residência.
  3. Adicione fundos à sua conta: Faça um depósito em sua conta de trading assim que seu cadastro for aprovado, para que você tenha fundos disponíveis para negociar. A maioria das corretoras fornece uma gama de métodos de financiamento, incluindo transferências bancárias, cartões de crédito e débito e métodos de pagamento on-line. Certifique-se de compreender quaisquer restrições mínimas impostas pela corretora e faça um depósito com o qual se sinta confortável em negociar (e que esteja disposto a perder se as negociações não derem certo).
  4. Explore a plataforma de trading: Despenda algum tempo para aprender como a plataforma de trading da corretora opera e como usar ferramentas como gráficos e indicadores. Aprenda mais sobre as várias operações (ordens) que você pode fazer. Muitas corretoras fornecem contas demo, que permitem que você pratique o trading sem arriscar dinheiro de verdade. Essas funcionalidades podem ser bastante úteis para que você se familiarize com a plataforma e as suas funções.
  5. Realize análises de mercado: Analise os gráficos de preço do petróleo, acompanhe as notícias pertinentes, examine os aspectos fundamentais e técnicos que podem afetar os preços do petróleo e realize análises de mercado antes de fazer uma negociação para obter uma compreensão das atuais circunstâncias do mercado de petróleo. Use os materiais e ferramentas analíticas fornecidos pela corretora para complementar seu estudo.
  6. Inicie uma negociação: Depois de ter uma estratégia de trading em mente e ter realizado sua análise de mercado, é hora de fazer uma negociação! Na plataforma de trading, selecione o mercado de petróleo ou o instrumento que deseja negociar (por exemplo, petróleo bruto, WTI). Escolha o tipo de ordem (por exemplo, ordem a mercado ou ordem limite) e a quantidade (por exemplo, o número de barris de petróleo). Lembre-se também de definir níveis de stop-loss e take-profit para ajudar a gerenciar potenciais riscos e retornos. Agora você está pronto para negociar!
  7. Monitore e gerencie sua operação: Depois de iniciar uma negociação, você deve monitorar sua posição regularmente. Acompanhe os movimentos de preço do petróleo, notícias do mercado e quaisquer eventos relevantes que possam afetar sua negociação. Se ainda não o fez, considere usar um stop-loss e ordens de take-profit para automatizar a gestão da sua negociação. É aqui que você deve estar preparado para ajustar sua posição ou sair da negociação se as condições do mercado mudarem.
  8. Revise e aprenda: Uma vez encerrada a negociação, reveja o seu desempenho, avalie o resultado e faça o seu melhor para ser verdadeiro e imparcial. Analise o que funcionou bem e o que poderia ser melhorado na sua estratégia de trading para aprender especialmente com os erros. Continue refinando suas habilidades com recursos educacionais, webinars e insights de mercado fornecidos pela corretora.

 

Vantagens do trading de petróleo

  • Accessibilidade: O trading de CFDs de petróleo proporciona fácil acesso ao mercado de petróleo sem a necessidade da propriedade física da commodity. Os traders podem especular os movimentos de preço do petróleo sem os desafios logísticos da manipulação do petróleo físico.
  • Alavancagem: O trading de CFDs permite que os traders se beneficiem da alavancagem, o que significa que você pode controlar uma posição maior com uma quantidade menor de capital. Isso amplia os lucros (e perdas) em potencial em comparação com o investimento inicial.
  • Oportunidades diversificadas de negociação: O petróleo é uma commodity global com liquidez substancial no mercado, que oferece um vasto leque de possibilidades. Os traders podem especular os diferentes tipos de petróleo, como o Brent, WTI ou outros tipos regionais.
  • Mercado volátil: O mercado do petróleo é conhecido por sua volatilidade, apresentando aos traders oportunidades de lucrar com as flutuações dos preço. O aumento da volatilidade pode levar a maiores retornos em potencial.
  • Posições longas e curtas: O trading de CFDs permite que os traders assumam posições longas (compra) e curtas (venda). Isso significa que você pode lucrar tanto com o aumento quanto com a queda dos preços do petróleo ao especular a direção do mercado.
  • Cobertura (Hedging): O trading de petróleo como instrumento de cobertura pode ser uma forma útil de diversificar e equilibrar o risco numa carteira de investimentos
  • Flexibilidade: O trading de CFDs de petróleo oferece flexibilidade com relação aos tamanhos da negociação, permitindo que os traders entrem em posições com quantidades menores de capital em comparação com os contratos de futuros tradicionais.
  • Acesso ao mercado 24/5: O mercado de CFDs de petróleo opera 24 horas por dia, 5 dias por semana, proporcionando uma gama de oportunidades de negociação em diferentes fusos. Os traders podem reagir a eventos e notícias globais que afetam os preços do petróleo sem serem limitados pelas horas de câmbio.
  • Ferramentas de gerenciamento de riscos: As plataformas de trading de CFDs normalmente oferecem ferramentas de gerenciamento de riscos, como ordens stop-loss e take-profit. Essas ferramentas permitem que os traders definam níveis pré-determinados para limitar as possíveis perdas ou garantir lucros automaticamente.

 

Desvantagens do trading de petróleo

  • Risco de perdas: O trading de CFDs acarreta um elevado risco de perdas em potencial. Ao negociar com alavancagem, pequenos movimentos adversos de preço podem resultar em perdas significativas.
  • Volatilidade e flutuações de preço: Embora a volatilidade possa apresentar oportunidades de negociação, ela também aumenta o risco de flutuações rápidas de preço, o que pode levar a perdas inesperadas. O acompanhamento contínuo dos movimentos de preço pode ser necessário.
  • Análise complexa de mercado: O trading bem sucedido de CFDs de petróleo requer uma análise completa do mercado e uma compreensão dos fatores que afetam os preços do petróleo. A dinâmica da oferta e demanda, os acontecimentos geopolíticos e os indicadores econômicos podem ser complexos e difíceis de analisar para quem é novo no trading.
  • Encargos financeiros por overnight: Manter posições de CFDs durante a noite pode incorrer em encargos financeiros, também conhecidos como taxas de swap ou taxas de rollover. Esses encargos podem consumir lucros ou aumentar as perdas se as posições forem mantidas por um período prolongado.
  • Nenhuma propriedade dos ativos: A impossibilidade de possuir de fato o ativo subjacente pode não ser atraente para alguns traders.

 

Quais são as melhores estratégias de trading de petróleo?

Por se tratar de um mercado volátil, o petróleo requer uma análise cuidadosa para ser negociado com êxito. A análise fundamentalista e a análise técnica são as duas principais abordagens que os traders utilizam para avaliar os mercados de trading de petróleo.

  • Análise fundamentalista: Devido à sua importância para a economia global, o petróleo está sempre nas manchetes. No entanto, existem alguns anúncios regulares e comunicados de dados que são uma leitura essencial para os traders de petróleo, como os do inventário de petróleo bruto da EIA (Energy Information Administration) e do comitê conjunto de acompanhamento ministerial da OPEP. O EIA mede a variação do número de barris de petróleo bruto mantidos como inventário pelas empresas comerciais em relação à semana anterior. A OPEP é a organização que mais movimenta o mercado petrolífero ao discutir uma vasta gama de questões relacionadas com a energia e acordar quanto petróleo deve ser produzido por cada país.
  • Análise técnica: A análise técnica é uma habilidade que pode ser facilmente aprendida, mas nem sempre facilmente dominada! Para realizar a análise técnica, você deve aplicar indicadores nos gráficos para identificar tendências e sentimento de risco no mercado. Combinando isso às suas próprias avaliações da ação de preços dos produtos petrolíferos, você pode descobrir pontos de entrada no mercado e utilizá-los para gerar lucro com os movimentos de preço.

 

Pronto para operar com sua vantagem?

Junte-se a milhares de traders e opere CFDs em forex, ações, índices, commodities e criptomoedas!

 

 

Essas informações não devem ser interpretadas como uma recomendação, oferta de compra ou venda, solicitação de uma oferta de compra ou venda de qualquer título, produto financeiro ou instrumento, ou para participar de qualquer estratégia de negociação. Este material foi preparado sem levar em conta seus objetivos, sua situação financeira ou suas necessidades. Quaisquer referências a resultados e previsões anteriores não são indicadores definitivos para resultados futuros. A Axi não representa, nem assume qualquer responsabilidade quanto à exatidão e integralidade do conteúdo desta publicação. Os leitores devem estabelecer seus próprios parâmetros para tomada de decisões.

FAQ


Por que o petróleo bruto é valioso?

O petróleo bruto, também conhecido como “ouro negro”, é uma matéria-prima altamente valorizada devido à sua ampla utilização na produção de produtos de uso diário, como plástico, gasolina, borracha, sintéticos e outros. Ao longo de gerações, um aumento da população mundial e da qualidade de vida fez com que o consumo e a procura de petróleo bruto aumentassem. Como um produto esgotável de alta demanda, o petróleo bruto é, portanto, considerado uma commodity valiosa.


O que é a OPEP?

A OPEP é o acrônimo para a Organização dos Países Exportadores de Petróleo. Atualmente, existem 13 países membros no grupo. De acordo com o estatuto da OPEP, o objetivo do grupo é coordenar e unificar as políticas petrolíferas dos seus países membros para garantir a estabilização dos mercados petrolíferos visando um fornecimento eficiente, rentável e regular de petróleo aos consumidores, um rendimento estável para os produtores e um retorno justo do capital para aqueles que investem na indústria petrolífera.


Como é regulado o mercado petrolífero?

O mercado físico do petróleo é em grande parte desregulado, uma vez que existem apenas algumas empresas que controlam os processos de extração e refino antes da exportação do produto para todo o mundo. Este oligopólio dificulta a regulamentação e o controle de forma transparente.

No entanto, em geral, as agências federais e estaduais trabalham para controlar o mercado interno de petróleo nos EUA por meio de leis e políticas relacionadas à energia e ao meio ambiente. A OPEP se reúne frequentemente para debater e decidir sobre os níveis de produção de petróleo gerados por cada nação para o resto do globo. A OPEP utiliza um mecanismo simples de oferta e procura para regular o preço do petróleo, regulando os níveis de produção.


Quais os maiores países produtores de petróleo do mundo?

De acordo com dados recolhidos pela EIA (Energy Information Administration), a produção global total de petróleo é em média superior a 100,61 milhões de barris por dia. Os cinco principais países produtores de petróleo responsáveis por quase metade da produção mundial de petróleo bruto são os EUA, a Arábia Saudita, a Rússia, o Canadá e a China. 


Posso ganhar dinheiro negociando petróleo?

O petróleo bruto é a commodity mais comercializada no mundo. De sua alta liquidez e volatilidade surgem oportunidades para negociar as flutuações com lucro. O quão lucrativo o trading de petróleo bruto pode ser depende de uma variedade de fatores, incluindo o seu nível de experiência no trading, a sua capacidade de fazer uma análise aprofundada e a volatilidade atual do mercado. 

Para uma indicação do seu potencial para lucrar com os mercados de petróleo, tente negociar petróleo usando fundos virtuais com uma conta demo da Axi. 


Quais são os riscos envolvidos no trading de petróleo?

Existem dois tipos principais de risco associados ao trading de petróleo.  

O primeiro é o risco associado ao trading em si. O petróleo é uma commodity que é negociada no mercado futuro e oferece um elevado grau de alavancagem. Usar altos níveis de alavancagem pode ser arriscado, pois existe a possibilidade de perder todo o seu investimento. Os traders devem aplicar estratégias fortes de gerenciamento de risco sempre que considerarem a alavancagem. 

A segunda preocupação importante está relacionada com o próprio petróleo. Os preços do petróleo podem flutuar porque é uma commodity, e seu preço é fortemente impactado por variáveis de oferta e demanda mais amplas. Por exemplo, uma decisão política ou uma modificação das políticas ambientais pode resultar numa queda súbita dos preços do petróleo. 


Quais são os produtos de trading de petróleo mais populares?

Os principais produtos de trading de petróleo incluem futuros de petróleo bruto, mercados spot de petróleo bruto, ETFs de petróleo e CFDs de petróleo. Para obter uma lista completa dos produtos de trading de petróleo, consulte nossa Programação do produto


Quais são os horários para operar o mercado do petróleo?

O mercado do petróleo está dividido em dois pregões: Petróleo bruto Brent e WTI.  

O horário das negociações para o Brent é de segunda a sexta-feira, das 01h00 às 22h59 GMT.  
O horário das negociações para o WTI é de domingo a sexta-feira, das 18h00 às 16h59 EDT. 


De quanto você precisa para começar a negociar o petróleo?

O capital necessário para começar a negociar o petróleo dependerá de seus objetivos, dos produtos petrolíferos que você deseja negociar e se deseja negociar usando alavancagem. 

Além de pares de spreads altamente competitivos, a Axi garante negociações de baixo custo, não cobrando taxas de corretagem e comissões em contas standard. Isso reduz as barreiras de entrada em termos do capital que você precisa para começar a negociar commodities on-line, o que significa que você pode começar com apenas US$ 50. 

Ao negociar CFDs de petróleo com a Axi, você pode desfrutar de margens baixas, permitindo que você aproveite a alavancagem e utilize uma pequena quantidade de capital para obter uma exposição total a uma negociação. Observe que, embora a alavancagem ofereça o potencial de grandes lucros, também pode aumentar o risco de perdas. Certifique-se de adotar práticas fortes de gerenciamento de riscos ao aplicar a alavancagem. 


Que spreads e margens a Axi oferece no trading de petróleo?

A Axi oferece spreads variáveis extremamente competitivos para o petróleo, com spreads mudando ao longo do dia. Para experimentar como os spreads funcionam em tempo real, abra uma conta demo gratuita para praticar o trading utilizando fundos virtuais. A taxa de margem inicial começa em 2% para CFDs à vista de petróleo e CFDs de futuros de petróleo. 



Milan Cutkovic

Milan Cutkovic

Milan Cutkovic tem mais de oito anos de experiência em trading e análise de mercados forex, índices, commodities e ações. Ele foi um dos primeiros traders aceitos no programa Axi Select, que identifica traders altamente talentosos e os auxilia no desenvolvimento profissional.

Além de ser um trader, Milan escreve análises diárias para a comunidade Axi, usando seu amplo conhecimento dos mercados financeiros para fornecer insights e comentários únicos. Ele é um aficionado em ajudar as pessoas a se tornarem mais bem sucedidas em suas negociações e compartilha suas habilidades contribuindo com e-books abrangentes em trading e publicando regularmente artigos educacionais no blog da Axi. Seu trabalho é frequentemente citado nos principais jornais internacionais e portais de mídia.

Milan é frequentemente citado e mencionado em muitas publicações financeiras, incluindo Yahoo Finance, Business Insider, Barrons, CNN, Reuters, New York Post e MarketWatch.

Você pode encontrá-lo em: LinkedIn


More on this topic

consulte Mais informação

Pronto para operar com sua vantagem?

Comece a operar com um corretor global premiado.

Demo Abra uma conta real