As melhores estratégias de trading para negociar o ouro

Commodities /
Milan Cutkovic

O ouro é uma das moedas mais antigas e confiáveis do mundo. Para os traders, o valor intrínseco do ouro, ou seu apelo como um “porto seguro”, faz com que o ouro seja um investimento popular, sendo uma ótima maneira de diversificar a carteira.

O ouro também é conhecido como um dos instrumentos de negociação favorito dos swing traders e traders intradiários. Muitas estratégias diferentes foram desenvolvidas para o trading do ouro, mas algumas são mais essenciais do que outras.

Neste artigo, veremos algumas das estratégias de trading mais populares no mercado do ouro usadas pelos traders de ouro em todo o mundo.

Se você é novo no mercado do ouro, estas estratégias serão úteis para você começar com o pé direito. Temos algo ainda melhor para os novos traders: é o nosso curso de negociação do ouro. Inscreva-se já, é GRÁTIS!

Mas se você já é um profissional experiente, essas estratégias ainda podem aprimorar sua abordagem atual e melhorar seus resultados.

 

Por que o ouro é um bom ativo para se negociar?

O ouro é um instrumento de negociação altamente líquido. O montante médio diário das negociações do ouro em 2021 foi estimado em 130 bilhões de dólares. O ouro é negociado em várias plataformas e a maior parte da negociação é feita no balcão.

A vantagem de negociar um instrumento altamente líquido como o ouro é que os spreads serão geralmente mais baixos em comparação, por exemplo, com o paládio ou a platina, que são bem menos líquidos, e os traders poderão executar grandes negociações sem mudar muito o mercado.

Embora o ouro possa ser volátil, na maioria das vezes o mercado é líquido o suficiente para evitar a inconstância nos preços.

O ouro é um grande instrumento de diversificação, e isso não se aplica apenas ao investimento. Os traders que estão fortemente focados em moedas ou ações acharão útil, de tempos em tempos, considerar outros instrumentos de negociação, especialmente se houver falta de oportunidades de negociação dos ativos favoritos. Há uma variedade de fatores que impulsionam o preço do ouro, e os traders podem aproveitar esta oportunidade.

Physical gold bars and coins

O que é uma estratégia de trading para negociar o ouro?

Primeiro, vamos dar uma olhada no que é uma estratégia de trading.

Uma estratégia de trading pode ser descrita como um conjunto de regras que ajudam um trader a determinar quando entrar em uma negociação, como gerenciá-la e quando fechá-la. Uma estratégia de trading pode ser muito simples ou muito complexa, podendo variar de trader para trader.

Se um trader já tiver uma estratégia de trading, ele poderá usá-la com o ouro também. No entanto, em alguns casos, a sua estratégia de trading pode ser inadequada.

Por exemplo, uma estratégia de trading de intervalo que funcione bem com pares de moedas que geralmente apresentam volatilidade menor, como EUR/GBP, provavelmente não funcionará bem com o ouro, que tende a ter maior volatilidade.

A melhor maneira de descobrir é testar sua estratégia de trading em modo demo, livre de riscos. No modo demo, você trabalha com fundos virtuais, mas lembre-se de que o sucesso neste ambiente pode não ser replicado diretamente numa plataforma MT4 live.

 

Estratégias de trading essenciais destinadas a todos os traders para negociar o ouro

Veja a seguir nossa lista com 6 estratégias de trading essenciais para negociar o ouro:

  1. Trading de posição (position trading)
  2. Trading de notícias
  3. Trading de tendências (trend trading)
  4. Day trading
  5. Ação de preço (price action)
  6. Expert advisors/Copy trading

1. Trading de posição (position trading)

Quando você negocia uma ação, você normalmente dá uma olhada nas notícias relacionadas à empresa ou ao setor. Ao negociar moedas, levam-se em consideração os dados econômicos e os eventos relevantes do país cuja moeda você pretende negociar. Com o ouro, as coisas são um pouco mais complexas. Há uma variedade de fatores que podem influenciar o preço do ouro:

  1. Desdobramentos geopolíticos: o metal precioso é geralmente visto como um porto seguro, e os preços tendem a subir em tempos de tensões geopolíticas.
  2. Inflação: nos períodos em que os investidores estão preocupados com o aumento da inflação, o ouro geralmente sofre valorização à medida que a retenção de dinheiro se torna cada vez menos atraente.
  3. Políticas monetárias: o ouro e o dólar americano têm uma relação inversa. Portanto, as expectativas de aumento das taxas de juros nos EUA impulsionam o dólar e desanimam o ouro. Por outro lado, se as expectativas das taxas dos EUA diminuírem, o dólar americano poderá sofrer queda enquanto o preço do ouro sobe.
  4. Oferta e demanda físicas: a compra de ETFs do ouro ou a negociação de futuros e CFDs do ouro tornaram-se populares, mas o ouro físico continua a ser utilizado para a confecção de jóias e objetos de investimentos, como moedas e barras. A demanda desses produtos também influencia o preço do ouro.

A aplicação da análise fundamentalista no mercado do ouro exige, portanto, que você fique atento a vários eventos e tendências em todo o mundo. Isto também é indicado para traders de médio a longo prazo.

2. Trading de notícias

Embora essa estratégia esteja relacionada com a análise fundamentalista, o trading de notícias é um termo geralmente usado para os traders que negociam um evento específico, levando-os a manter a(s) posição(ões) relevante(s) por meros segundos ou alguns minutos. Embora o preço do ouro possa ser influenciado por eventos inesperados, há eventos programados que afetam significativamente o preço do ouro, como a divulgação de dados econômicos e reuniões de bancos centrais.

Exemplos disso são as folhas de pagamento não agrícolas (PFN), dados de inflação e reuniões do Federal Reserve.

3. Trading de tendências (trend trading)

As estratégias de trading de tendências envolvem a identificação de oportunidades de negociações na direção da tendência. A ideia por trás disso é que o instrumento de negociação continuará a se mover na mesma direção da tendência (para cima ou para baixo).

Quando os preços estão consistentemente subindo (registrando máximos mais elevados), temos uma tendência de alta. E o contrário, quando os preços estão diminuindo (o instrumento de negociação registrando mínimos mais baixos), temos uma tendência de baixa.

A boa notícia é que o ouro tende a ser bastante volátil, resultando na formação de fortes tendências de tempos em tempos. A seguir, temos um gráfico que mostra os períodos em que o ouro apresentou uma forte tendência, tanto para cima quanto para baixo.

Gold price chart highlighting a trend trading strategy

Os traders muitas vezes fazem uso de indicadores técnicos para aplicar uma estratégia de trading de tendências. Mencionaremos alguns dos indicadores mais populares mais adiante neste artigo.

4. Day trading

Os day traders geralmente não fazem negociações apenas por alguns segundos, como fazem os scalpers. No entanto, o dia de negociação também tende a se concentrar numa sessão ou hora específica do dia, quando tentam aproveitar as oportunidades. Embora os scalpers possam usar um gráfico M1 para negociar, os day traders tendem a usar de tudo, desde o gráfico M15 até o gráfico H1. Os scalpers tendem a abrir mais de 10 negociações por dia (alguns traders altamente ativos podem acabar com mais de 100 por dia), enquanto os day traders geralmente demoram um pouco mais e tentam encontrar 2 ou 3 boas oportunidades por dia.

O ouro é indicado para o day trading, pois é um instrumento de negociação altamente líquido, com baixos spreads (especialmente se comparado com outras commodities) e volatilidade alta o suficiente na maioria dos dias para gerar oportunidades de negociação.

5. Ação de preço (price action)

O trading de ação de preço é uma estratégia que se concentra na tomada de decisões com base nos movimentos de preços de um determinado instrumento em vez de incorporar indicadores técnicos (por exemplo, RSI, MACD e bandas de Bollinger). Há uma variedade de estratégias de ação de preço que os traders podem utilizar, desde fugas e reversões a padrões de vela simples e avançados.

Essa estratégia pode ser facilmente implementada em todos os timeframes, o que constitui uma grande vantagem. Por exemplo, um day trader pode negociar uma fuga do ouro no gráfico M15, enquanto um swing trader pode operar com base na fuga (de mesmo padrão) em um gráfico H4.

6. Expert advisors/Copy trading

Existem muitos Expert advisors (EAs) que foram concebidos especificamente para o comércio do ouro. Também existem provedores de sinais especializados no trading do ouro, os quais os traders podem copiar através de vários aplicativos de copy trading. Esta estratégia é mais adequada para traders iniciantes ou experientes que consideram suas estratégias atuais incompatíveis com o comércio do ouro e não têm tempo para desenvolver uma nova.

 

Os melhores indicadores para negociar o ouro

Existem inúmeros indicadores que podem ser usados para prever os movimentos dos preços do ouro. Descubra a seguir alguns dos melhores indicadores para negociar o ouro.

Índice de força relativa (RSI)

O Índice de força relativa (RSI) é um dos indicadores técnicos mais populares utilizados pelos traders. É uma ferramenta útil para identificar quando um instrumento de negociação, neste caso o ouro, está sendo sobrecomprado ou sobrevendido.

Se o RSI cair abaixo de 30, configura-se uma sobrevenda. Por outro lado, um valor de RSI igual ou superior a 70 indicaria condições de sobrecompra.

Gold price chart using an RSI indicator showing the commodity is overbought

O RSI pode ser uma ótima ferramenta para filtrar sinais. Por exemplo, se você receber um sinal de compra, é interessante verificar o valor do RSI. Se estiver acima de 70, é melhor reconsiderar a compra de ouro, uma vez que esse cenário já se configura como sobrecompra. Seria preferível um valor inferior a 70.

Embora você possa perder algumas oportunidades de negociação, usar esse indicador pode melhorar a qualidade geral dos sinais que você está recebendo de sua estratégia de trading. Saiba mais sobre a estratégia de trading avançada usando o RSI.

Indicador de médias móveis

As médias móveis são indicadores simples, porém eficazes, que podem ajudar os traders do ouro. Elas podem ser usadas para simplesmente medir a direção do mercado, por exemplo, criando um gráfico diário com os dados de uma 200 MA.

Além disso, elas podem ser utilizadas como indicadores que geram sinais de entrada/saída. Por exemplo, você pode criar um gráfico por hora inserindo os dados de uma MA de movimento rápido (10) e lento (20). Assim que a 10 MA cruzar acima da 20 MA, um sinal de compra seria gerado. Se a 10 MA cruzar abaixo da 20 MA, um sinal de venda seria gerado.

Chart showing the moving average indicator on XAUUSD instrument

Este é um exemplo simplificado. Na vida real, você precisará testar vários parâmetros e introduzir outras ferramentas para ajudar a filtrar os sinais duvidosos. Você também precisa se assegurar de que, naquele momento, o ouro esteja se movendo em uma tendência, seja para cima ou para baixo. Se o ouro estiver se consolidando em um intervalo, você receberá muitos sinais falsos.

Bandas de Bollinger

As bandas de Bollinger são um conjunto de três linhas que representam a volatilidade, que é a variação dos preços historicamente negociados.

As duas linhas externas mostram os níveis esperados (superior e inferior) dos movimentos dos preços a serem negociados em 90% das vezes (faixa de negociação), enquanto a linha média mostra a ação de preço em tempo real movendo-se entre esses limites à medida que flutua no dia a dia. Quando essas bandas se contraem (encolhem), isso indica alta volatilidade; e quando essas bandas se expandem, isso sugere que o ouro está passando por um período de baixa volatilidade.

Bollinger bands indicator on the XAUUSD chart

Como escolher a melhor estratégia de trading para negociar o ouro?

Não existe uma estratégia de trading para o ouro que possa ser descrita como “a melhor”. Uma estratégia pode funcionar muito bem para o trader A, mas não tão bem para o trader B. Um fator significativo é que a psicologia do trading desempenha um grande papel nos mercados.

Antes de começar a desenvolver estratégias de trading, recomenda-se que você descubra que tipo de trader você é e desenvolva um plano de trading que inclua regras de gestão de risco, por exemplo, definindo o quanto está disposto a arriscar por negociação.

Quando você decidir se quer ser um scalper ou um trader a longo prazo, se confia na análise técnica ou na análise fundamentalista, ou uma combinação de ambas, então você já poderá começar a desenvolver uma estratégia de trading adequada.

Uma conta demo pode ser sua melhor amiga na fase de testes. Além de permitir o backtesting, ela também permite que você teste sua estratégia em tempo real, sem correr riscos. Você pode aprender sobre as características do ouro e o que está impulsionando seu preço com antecedência. Porém, observar a ação de preço e testar a estratégia em tempo real lhe dará uma sensação melhor para o mercado.

 

Qual é a melhor sessão para negociar o ouro?

O ouro pode ser negociado como contratos spot ou como contratos de futuros com a Axi.

O símbolo para contratos spot é XAU/USD, o qual pode ser negociado das 01h01 da segunda-feira até às 23h58 da sexta-feira, com um intervalo de negociação diário entre 23h59 a 01h01. Todas os horários seguem o horário do servidor MT4.

O contrato de futuros do ouro pode ser localizado sob o nome do símbolo “GOLD.fs”. O horário de negociação vai das 18h01 de domingo às 16:59 da sexta-feira, com um intervalo de negociação diário entre 16:59 a 18h01. Todos os horários seguem o horário de Nova Iorque (GMT-4), uma vez que o contrato de futuros subjacente é negociado em Nova Iorque.

Geralmente, a liquidez será mais elevada durante o pregão de Londres e a primeira metade do pregão de Nova Iorque. Os scalpers e traders intradiários podem preferir negociar ouro durante essas sessões, uma vez que os spreads serão os mais baixos e o número de oportunidades de negociação será maior do que durante a sessão Asiática, tradicionalmente mais silenciosa.

 

 

As informações não devem ser interpretadas como uma recomendação, ou uma oferta de compra ou venda, ou uma solicitação de uma oferta de compra ou venda de qualquer título, produto financeiro ou instrumento, ou para participar de qualquer estratégia de negociação. Os leitores devem estabelecer seus próprios parâmetros para tomada de decisões. A reprodução ou redistribuição desta informação não é permitida.

FAQ


Qual é a melhor média móvel para o mercado do ouro?

Não existe uma média móvel “melhor” para o mercado do ouro. Outros traders podem preferir diferentes médias móveis com base em suas estratégias e preferências individuais de trading.

Alguns traders podem achar que uma média móvel de curto prazo, como uma média móvel de 5 ou 10 dias, funciona melhor para eles, enquanto outros podem preferir usar uma média móvel de longo prazo, como uma média móvel de 50 ou 200 dias. Realmente, tudo vai depender das preferências pessoais do trader e do que pretende alcançar com sua estratégia de trading.


O ouro é o melhor metal precioso para se negociar?

Com relação à estabilidade a longo prazo, o ouro é o melhor metal precioso para se negociar porque o seu preço é relativamente estável quando comparado com outros metais. Por exemplo, em tempos de recessão econômica ou instabilidade financeira global, o valor do ouro normalmente não diminui tanto como outros metais, como a prata ou a platina.

Esta estabilidade relativa se deve, em parte, ao fato de o ouro não ser tão utilizado em transações cotidianas, como é o caso para outros metais preciosos. Em vez disso, o ouro tende a ser visto mais como uma reserva de valor ou como uma “commodity de investimento”. Como resultado, as flutuações no preço do ouro são geralmente menos afetadas pelas tendências econômicas de curto prazo do que os outros metais.



Milan Cutkovic

Milan Cutkovic

Milan Cutkovic tem mais de oito anos de experiência em trading e análise de mercados forex, índices, commodities e ações. Ele foi um dos primeiros traders aceitos no programa Axi Select, que identifica traders altamente talentosos e os auxilia no desenvolvimento profissional.

Além de ser um trader, Milan escreve análises diárias para a comunidade Axi, usando seu amplo conhecimento dos mercados financeiros para fornecer insights e comentários únicos. Ele é um aficionado em ajudar as pessoas a se tornarem mais bem sucedidas em suas negociações e compartilha suas habilidades contribuindo com e-books abrangentes em trading e publicando regularmente artigos educacionais no blog da Axi. Seu trabalho é frequentemente citado nos principais jornais internacionais e portais de mídia.

Milan é frequentemente citado e mencionado em muitas publicações financeiras, incluindo Yahoo Finance, Business Insider, Barrons, CNN, Reuters, New York Post e MarketWatch.

Você pode encontrá-lo em: LinkedIn


Pronto para operar com sua vantagem?

Comece a operar com um corretor global premiado.

Demo Abra uma conta real