• /int
  • /eu
  • /uk
  • /au
  • http://www.axi.group/ar-ae
  • http://www.axi.group/en-ae
  • http://www.axiedge.io/cn
  • /es-mx
  • /fr-ma
  • http://www.edge-cn.co/id
  • /it-ch
  • /kr
  • /pl
  • /pt
  • /th
  • /tw
  • https://www.edge-cn.co/vn
  • /zh-au
  • /jp
  • /za
  • http://www.solarisih.com/vu
  • http://www.global-edge.info/chn
Form not found

O que é o trading de Forex e como operá-lo?

Forex /
Milan Cutkovic

O que é Forex?

Forex é a abreviação de “foreign exchange” e se refere ao mercado global onde as moedas são compradas e vendidas. Em termos simples, Forex significa trocar uma moeda por outra. Por exemplo, se você já tirou férias no exterior e trocou a moeda que normalmente usa pela moeda local, essa é uma transação Forex em ação!

É claro que o Forex, também conhecido como FX, é muito mais do que apenas dinheiro de férias. Na verdade, o mercado Forex é o maior e mais líquido mercado financeiro do mundo, com trilhões de dólares fluindo através dele todos os dias. Desde pagamentos corporativos internacionais a compra de produtos on-line no exterior, o câmbio internacional é uma das chaves para o comércio e investimento globais em todos os países e moedas, do Baht ao Yuan.

 

O que é o mercado Forex?

O mercado Forex não é um mercado físico. Na realidade, ele é uma rede global descentralizada que opera 24 horas por dia, cinco dias por semana. No mercado Forex, os traders compram e vendem pares de moedas com base no valor que uma moeda tem em relação à outra.

Por exemplo, se você mora nos EUA e está viajando para a Europa, você usará seus dólares americanos (USD) para comprar euros (EUR). No mercado Forex, essa transação é representada pelos símbolos EUR/USD.

Uma vez que o mercado Forex opera num modelo descentralizado, sem um ponto de controle físico ou uma central de câmbio, nenhuma pessoa ou organização o controla. Em vez disso, as transações eletrônicas são efetuadas diretamente entre duas partes, o que se chama mercado de balcão (OTC). Pense nisso como uma vasta rede digital onde as transações fluem livremente entre bancos, instituições financeiras e indivíduos em todo o mundo.

Um grande número de fatores influencia o valor das moedas no mercado Forex. A inflação, o crescimento econômico, a confiança dos consumidores num determinado país, os dados relativos ao desemprego e até os preços das casas podem contribuir para o local onde uma moeda se encontra no mercado.

Para ajudar a entender os movimentos do mercado Forex, confira um calendário econômico Forex e veja como as mudanças de preços se correlacionam com eventos como comunicados de imprensa e publicações de dados econômicos.

A natureza global do mercado Forex resulta do seu funcionamento 24 horas por dia, com os horários mais movimentados para o volume de transações mudando entre os principais centros financeiros, em diferentes fusos horários.

 

Quais são os diferentes tipos de mercados Forex?

Os três tipos de mercados Forex disponíveis para negociação são os seguintes:

  • Mercado spot Forex: Este é o maior mercado do mundo, e você pode ter feito parte dele mesmo sem saber. Sempre que uma pessoa vai a um banco para trocar moedas, ela participa do mercado spot Forex.
  • Mercado futuro Forex: Um par de moedas de tamanho pré-determinado é comprado ou vendido mediante um contrato de futuros numa data e hora específicas. Este mercado opera em bolsas de futuros em todo o mundo, onde os contratos são negociados. Trata-se de contratos juridicamente vinculativos, que permitem ao vendedor assumir o risco do preço da moeda flutuar no mercado spot antes da data do término do contrato.
  • Mercado a prazo (forwards) Forex: Este mercado opera entre um cliente e um banco, ou entre dois bancos. Ao contrário dos futuros, em que têm características normalizadas em termos de dimensão e data, os contratos a prazo são flexíveis e personalizados para se adaptarem às necessidades de cada trader.

 

Quais são os fatores que movimentam o preço das moedas nos mercados Forex?

Na atual economia, altamente interligada e globalizada, os preços dos instrumentos de negociação, incluindo os pares de Forex, estão em constante movimento e flutuação.

O volume das negociações e as transações nos mercados FX é sempre afetado pela oferta e demanda e, como qualquer outro mercado financeiro, quanto maior a procura por uma moeda, maior será o seu preço. Mas há também muitos outros fatores-chave que podem afetar os preços dos pares de moedas. Alguns deles são:

  • Decisões dos bancos centrais: Os bancos centrais de todo o mundo são responsáveis pela fixação dos níveis das taxas de juros para cada país. No mercado FX, os traders geralmente preferem moedas com altas taxas de juros em comparação com outras moedas. Ao operar FX, monitore os bancos centrais relacionados aos pares de moedas maiores: a Reserva Federal dos EUA, o Banco da Inglaterra (BoE), o Banco do Canadá (BoC), o Banco Central Europeu (BCE), o Banco da Reserva da Austrália (RBA), o Banco do Japão (BoJ), o Banco Nacional Suíço (SNB) e o Banco da Reserva da Nova Zelândia (RBNZ).
  • Dados econômicos: Os números de desemprego, o PIB (produto interno bruto), a inflação, o sentimento empresarial e o sentimento do consumidor tendem a afetar o movimento dos pares de moedas. Monitorar o calendário econômico e as tendências do mercado na sua plataforma de trading on-line ajuda a manter você atualizado com os principais lançamentos de dados econômicos.
  • Pregões: É de conhecimento geral que as atividades e os volumes de negociação podem ser menores ou lentos durante a abertura do mercado no fuso horário do Japão/Ásia. As atividades e os volumes de negociação aumentam normalmente quando se inicia o pregão do Reino Unido/Europa, e o pico da liquidez se dá no encerramento do pregão do Reino Unido e na abertura do pregão dos EUA. Os pregões de Londres e Nova Iorque são geralmente as mais ativos devido à sobreposição dos horários entre esses grandes centros financeiros. Durante algumas horas do mercado FX, algumas moedas são mais líquidas, por exemplo, o JPY durante o pregão de Tóquio, ou a GBP durante o pregão de Londres.
  • Fatores geopolíticos: Guerras, crises políticas, agitação global e outros eventos relacionados também podem afetar os mercados Forex. Algumas moedas tendem a se sair bem quando existe um nível elevado de incerteza nos mercados, enquanto outras seguem na direção oposta.

 

A que horas os mercados Forex abrem?

Os mercados Forex estão abertos 24 horas por dia, cinco dias por semana. As horas oficiais são de 17h00 EST no domingo até 16h00 EST na sexta-feira. O EST refere-se ao fuso horário ocupado por cidades como Nova Iorque, Boston, Atlanta e Orlando nos EUA e Ottawa no Canadá.

Você também verá o fuso horário UTC mencionado sempre que o Forex for discutido. Isso significa “Coordinated Universal Time” e está alinhado com o que costumava ser o Greenwich Mean Time (GMT). Londres e o Reino Unido estão no UTC.

Como não existe um mercado “líder”, as horas de negociação de Forex baseiam-se no momento em que a negociação está aberta num país participante. Os pregões de Londres e Nova Iorque têm alguma sobreposição, ocorrendo muitas vezes grandes volumes de negociação durante essa hora do dia. As taxas de câmbio são determinadas para o próximo período de 24 horas às 16h00, horário de Londres/UTC.

 

Como é regulado o mercado Forex?

Embora opere em mais de 180 países, nenhuma organização é responsável pela regulação do mercado cambial. No entanto, existem mais de 50 órgãos governamentais e independentes em todo o mundo que supervisionam o trading de Forex para garantir a transparência e a prestação de contas.

Alguns dos principais órgãos reguladores que supervisionam a atividade cambial incluem a Comissão Australiana de Valores Mobiliários e Investimentos (ASIC), a Autoridade de Conduta Financeira (FCA) no Reino Unido e a Autoridade Monetária de Singapura (MAS). Esses órgãos reguladores estabelecem padrões que devem ser cumpridos por todos os prestadores de serviços financeiros, com relação a requisitos para cadastro, licença e auditoria, podendo intervir no caso de violação das leis ou regulamentos por parte destes provedores.

Como resultado dessas diretrizes, os traders de Forex têm um grau maior de garantia de que o serviço de trading que utilizam é justo e ético.

 

Quais são os principais pares de moedas Forex para negociar?

Os pares de moedas mais conhecidos e mais negociados são os pares maiores ou principais. O pares maiores são uma combinação do dólar americano (USD) negociado contra uma das sete outras moedas maiores: o euro (EUR), a libra esterlina (GBP), o franco suíço (CHF), iene japonês (JPY), o dólar canadense (CAD), o dólar australiano (AUD) ou o dólar da Nova Zelândia (NZD). Os quatro pares de moedas mais populares em volume são EUR/USD, USD/JPY, GBP/USD e USD/CHF.

Os pares de moedas fora desse grupo, principalmente os que não incluem o dólar americano, são considerados “menores” (ou cruzados) ou “exóticos”. Esses pares ainda podem ter alto valor e um volume de negociação significativo, mas geralmente são menores quando comparados com os pares maiores.

Observe que não há par de moedas certo ou errado para negociar. Embora as grandes empresas se caracterizem por terem a maior liquidez, os mercados flutuam de muitas maneiras, muitas vezes devido a notícias econômicas específicas de um país ou moeda. E isso se refletirá nos preços de mercado. Os traders devem, portanto, ter o hábito de monitorar as condições gerais do mercado para encontrar uma oportunidade que seja melhor para eles de acordo com seu estilo e estratégia de trading.

Além disso, os traders devem estar cientes de que nem todas as moedas são negociadas ininterruptamente, apesar de os mercados estarem abertos sete dias por semana. É necessário realizar allowances para pausar as negociações quando houver feriados locais. Um calendário econômico é útil para ajudar a preparar os fechamentos programados do mercado, enquanto os quadros de spread em tempo real fornecem um resumo conciso dos preços de mercado atuais.

Comparação de pares de moedas Forex: Pares maiores, menores e exóticos

Pares maiores

Pares menores

Pares exóticos

EUR/USD EUR/GBP EUR/TRY
USD/JPY EUR/JPY USD/HKD
GBP/USD GBP/JPY USD/ZAR
USD/CHF GBP/CAD JPY/NOK
USD/CAD CHF/JPY NZD/SGD
AUD/USD EUR/AUD GBP/ZAR
NZD/USD NZD/JPY AUD/MXN

 

O que é o trading de Forex?

O trading de Forex é o ato de comprar e vender moedas. Assim como você troca dinheiro físico usando uma transação cambial para viajar para o exterior, o trading de Forex envolve a compra de uma moeda e, simultaneamente, a venda de outra. Uma diferença fundamental é que o trading de Forex é feito especificamente para tentar gerar lucro com a bolsa.

Toda negociação Forex envolve duas moedas. À medida que os preços das moedas flutuam no mercado aberto, por exemplo, devido a fatores de oferta e demanda, os traders especulam a direção que o valor de uma moeda tomará, podendo sofrer apreciação ou depreciação em relação à outra. Se você previr a direção do mercado corretamente, você obterá lucro. Caso contrário, você sofrerá uma perda. Basicamente, gerar lucro negociando FX é tão simples quanto comprar na baixa e vender na alta, ou vice-versa.

Este profit-taking multi-direcional só é possível porque, ao contrário do investimento tradicional, o trading de Forex não envolve a compra ou propriedade das moedas subjacentes. Em vez disso, os traders apenas especulam as oscilações do preço utilizando um tipo de derivativo denominado contrato por diferença (CFD). A principal vantagem do trading de CFDs é que os traders podem gerar lucro especulando um preço em queda, ao contrário de ações ou ativos físicos, onde só é possível lucrar se o preço superar o valor pago inicialmente.

 

Como funciona o trading de Forex?

Vejamos um exemplo simples para demonstrar como funciona uma negociação Forex:

Suponha que você preveja que o euro (EUR) se fortalecerá em relação ao dólar americano (USD); em outras palavras, você acha que o valor do EUR aumentará em relação ao USD.

Você abre uma conta de trading on-line e decide comprar 10.000 unidades do par de moedas EUR/USD à taxa de câmbio atual de 1,1000. O tamanho total da sua posição CFD será:

10.000 EUR * 1,1000 = US$ 11.000

Agora que sua negociação está aberta, digamos que a taxa de câmbio EUR/USD suba para 1,1200 e você decida fechar sua posição. Nesse ponto, a diferença entre as taxas de câmbio de abertura e de fechamento é de 0,0200 (1,1200 – 1,1000). Você negociou 10.000 unidades, então seu cálculo de lucro seria:

0,0200 * 10.000 = US$ 200

Como o valor do EUR subiu, você obtém um lucro de US$ 200.

No entanto, se a taxa de câmbio tivesse se movido contra sua previsão, você teria sofrido um prejuízo. Por exemplo, se o preço do EUR caísse de 1,1000 para 1,0900 (uma diferença de 0,0100), seu prejuízo seria calculado da seguinte forma:

0,0100 * 10.000 = US$100

Esses exemplos mostram a diferença que pequenas flutuações nos preços podem fazer, portanto, ao negociar Forex, é importante arriscar apenas o que você pode perder.

 

Qual é a diferença entre comprar e operar o Forex?

  • Comprar Forex: Isso geralmente se refere à troca de uma moeda física por outra. O que pode ser feito em espécie ou digitalmente (por exemplo, cartão de crédito). A compra de Forex geralmente acontece quando você precisa usar uma moeda estrangeira imediatamente, como em uma viagem de férias para o exterior, onde você precisa pagar por despesas como alimentação ou acomodação usando a moeda local.
  • Operar Forex: Isso envolve especular os movimentos de preço dos pares de moedas com a intenção de lucrar com as flutuações do preço. Essa operação é feita através de intermediários, como corretoras on-line, utilizando derivativos (CFDs). Ao operar Forex, os traders não possuem fisicamente as moedas, mas firmam contratos que refletem os movimentos de preço dos pares de moedas subjacentes. O objetivo é comprar um par de moedas a um preço mais baixo e vendê-lo a um preço mais elevado (ou vice-versa) para gerar lucro. O trading de Forex é conduzido eletronicamente em plataformas de trading, e as posições podem ser abertas e fechadas em segundos, ou mantidas por períodos mais longos, dependendo da estratégia de trading escolhida.

 

Por que negociar Forex?

O principal motivo para operar Forex é o potencial de gerar lucros através da negociação de pares de moedas.

O trading de Forex é uma forma popular de começar a investir com quantidades relativamente pequenas de capital e, quando combinado com a alavancagem, proporciona exposição a negociações de maior valor. Além disso, como a negociação FX é feita na forma de CFD, os traders não têm de se preocupar com os custos envolvidos na aquisição da propriedade de um ativo subjacente, enquanto que com as operações de FX, o que está sendo negociado são os movimentos de preço em tempo real do ativo subjacente no mercado aberto. Observe que, embora a negociação alavancada ofereça o potencial de retornos mais altos, ela também pode aumentar as perdas.

Os mercados de câmbio 24 horas também oferecem muita conveniência e flexibilidade, permitindo que você negocie em vários horários do dia. Isso pode ser particularmente benéfico para qualquer pessoa que já tenha um trabalho, seja integral ou de meio período, uma vez que a negociação pode ser feita fora do horário normal de trabalho.

 

Como negociar Forex?

As corretoras fornecem uma gama completa de produtos, ferramentas e serviços que permitem a negociação de moedas on-line.

Para fazer isso, os traders de Forex usam software de negociação livre, que geralmente é fornecido pela corretora, para especular a mudança no valor de uma moeda em relação à outra. Ao contrário das ações tradicionais, que devem aumentar de valor em comparação com o investimento inicial, os traders de Forex podem especular se um preço aumentará ou diminuirá, podendo ter lucro ou prejuízo em qualquer direção do mercado.

O mercado cambial pode ser operado facilmente por qualquer pessoa com acesso à internet e uma conta de trading, e as negociações podem ser feitas a partir de qualquer lugar do mundo, a qualquer momento em que os mercados estiverem abertos. A seguir, temos algumas sugestões de como começar a negociar Forex com uma corretora on-line.

As contas demo podem ser uma ótima maneira de praticar o trading sem arriscar o seu próprio dinheiro e, quando você se sentir pronto para negociar no ambiente de trading real, comece com um capital pequeno, para reduzir os riscos caso o mercado se movimente de forma desfavorável para você.

  1. Escolha sua corretora: As coisas mais importantes às quais você deve estar atento são a regulamentação, a reputação, as ferramentas e plataformas de trading, a gama de produtos oferecidos e os recursos de apoio e educação disponíveis.
  2. Abra uma conta: Você terá opções de contas, dependendo das condições de trading que você precisa (por exemplo, uma conta padrão e uma conta profissional), mas todas as contas de trading de Forex on-line devem ser gratuitas para abrir. O processo de cadastro deve ser simples, mas observe as medidas de segurança e proteção contra fraudes, pois uma corretora confiável verificará sua identidade antes que sua conta possa ser confirmada. Durante este processo, você deverá ter acesso à plataforma/software de trading.
  3. Adicione fundos: Assim que a sua conta tiver sido aberta e você tiver acesso a ela, faça o seu primeiro depósito para ter fundos para negociar. Durante a configuração da sua conta, você deverá ter a opção de escolher a moeda que prefere utilizar (por exemplo, USD, EUR ou GBP).
  4. Escolha um par de moedas para operar: Depois de adicionar fundos, é hora de considerar quais pares de moedas Forex você deseja operar. Todas as corretoras oferecem as moedas maiores, como USD, EUR, CHF, GBP, AUD, CAD, entre outras, enquanto algumas também oferecem as moedas menores ou as moedas exóticas.
  5. Escolha uma estratégia de trading: Antes de abrir sua primeira operação, é importante considerar seus objetivos e como pretende alcançá-los. Considere parâmetros como as moedas que você vai escolher, o tamanho de suas operações, quanto você está preparado para arriscar em uma determinada negociação e se deve usar limites de stop-loss e take-profit. A análise técnica e fundamentalista também podem ser benéficas neste momento.
  6. Inicie uma negociação: Depois de decidir a sua estratégia de trading, está na hora de abrir sua operação. Confirme o par de moedas que você deseja negociar, escolha quanto quer investir, defina a direção da negociação (compra ou venda) e os níveis de stop-loss e take-profit.
  7. Monitoramento: Uma vez aberta sua negociação, acompanhe seu comportamento, e certifique-se de que ela está seguindo conforme pretendido. Se o mercado não estiver caminhando a seu favor, você tem a opção de fechar sua operação a qualquer momento, seja para proteger os lucros ou para limitar as perdas.

 

Análise técnica e fundamentalista para o trading de Forex

Existem dois tipos principais de análise utilizados no trading: a técnica e a fundamentalista.

  • Análise técnica: É o uso de uma coleção de métodos que procuram padrões gráficos capazes de prever comportamentos futuros. A Análise técnica parte do princípio de que todas as informações relacionadas com um par de moedas já estão embutidas no preço. Portanto, a teoria é que, se um determinado padrão se repetiu no passado, reconhecer esse padrão pode ajudar o trader a prever o futuro imediato.
  • Análise fundamentalista: Os traders de FX usam a análise fundamentalista para considerar as razões econômicas ou políticas subjacentes às flutuações de preços de uma moeda. A ideia principal por trás dessa análise é prever que se a economia subjacente da moeda se sair melhor em comparação com outros países, o valor dessa moeda aumentará e vice-versa.

 

Que tipos de gráficos são mais utilizados no trading de Forex?

Existem vários tipos de gráficos que podem ser usados para analisar o mercado Forex, portanto, decidir qual gráfico usar geralmente depende do estilo de negociação ou tipo de análise necessária. Aqui estão três tipos de gráficos dentre os mais populares usados pelos traders de Forex:

  • Gráficos de linhas: Os gráficos de linhas fornecem uma visão clara e simplificada da situação vigente do mercado e funcionam melhor para as pessoas que desejam um vislumbre rápido da direção do mercado. Eles basicamente mostram o preço de fechamento em um determinado período, normalmente representado por uma linha curva contínua que conecta pontos que representam as mudanças no preço em determinados intervalos de tempo.
  • Gráficos de barras: Os gráficos de barras são uma versão atualizada do gráfico de linhas. Eles oferecem informações sobre os preços de abertura (open price), alta (high price), baixa (low price) e fechamento (close price), por isso esses gráficos também são conhecidos pela abreviatura “OHLC”.
  • Gráficos de velas: Embora os gráficos de velas pareçam complicados no início, eles são bastante simples de se ler. As velas representam quatro pontos de preço principais dentro de um determinado período. Este período pode normalmente ser definido para 1 minuto, 5 minutos, 30 minutos, 1 hora, diariamente, semanalmente, mensalmente, etc. O corpo principal da vela será de cor verde (ou estará vazio) se o preço de fechamento for superior ao preço de abertura desse período, indicando aumento do preço. Se o corpo estiver vermelho (ou preenchido de preto), o preço diminuiu dentro do período. A capacidade de ler gráficos de velas e compreender padrões de velas é o primeiro passo antes de utilizar ferramentas de análise mais avançadas.

 

Vantagens do trading de Forex

O trading de Forex oferece vantagens fundamentais quando comparado com outras formas de investimento, como as ações. As vantagens são:

  • Negociação 24 horas: O mercado Forex opera o tempo todo, o que significa que você pode entrar e sair dos mercados quando lhe for conveniente. Isso pode ser especialmente útil para aqueles que procuram gerar uma renda secundária enquanto trabalham em outro emprego, particularmente com a ajuda de robôs traders (também conhecidos como Expert Advisors, ou EAs) que podem executar negociações automaticamente e reduzir a necessidade de intervenção manual.
  • Alavancagem: Com o trading de Forex, você pode aproveitar a alavancagem para controlar posições de maior valor com uma quantidade relativamente pequena de capital. No entanto, você deve lembrar que a alavancagem aumenta tanto a possibilidade de lucros como a de perdas e, por isso, deve ser usada com cautela.
  • Alta liquidez: O grande tamanho e liquidez do mercado Forex garantem que você possa entrar e sair de operações rapidamente pelo preço corrente de mercado, com um risco reduzido de slippage.
  • Diversificação: Existem muitos pares de moedas globais diferentes para escolher, o que significa que o mercado Forex oferece uma ampla gama de oportunidades de negociação. Qualquer que seja a tendência e quaisquer que sejam os acontecimentos do mercado, há sempre uma moeda em jogo.
  • Encontre oportunidades em qualquer direção do mercado: O trading de Forex é feito através de CFDs e você apenas negocia movimentos de preço em vez de investir no produto subjacente de fato. Isso permite que você negocie o preço de um par de moedas, quer ele esteja subindo ou descendo.
  • Accessibilidade: Se você tem um computador ou dispositivo móvel e uma conexão com a internet, é provável que você possa acessar o que você precisa para começar a negociar o Forex. As corretoras on-line oferecem plataformas de negociação fáceis de usar, recursos educacionais e contas demo.
  • Aprendizagem e desenvolvimento: Aprender a negociar Forex pode ser uma atividade mentalmente estimulante e gratificante. Das técnicas de análise à dinâmica do mercado, aos efeitos da geopolítica sobre os preços e à codificação algorítmica, há sempre algo a aprender.

 

Desvantagens do trading de Forex

Além das vantagens, existem também algumas desvantagens potenciais no Forex, tais como:

  • Volatilidade: Enquanto muitos traders de Forex desfrutam de alta volatilidade devido ao potencial de lucros rápidos, a desvantagem é que o mercado pode se voltar contra você muito rapidamente. Para amenizar isso, tente usar uma ordem de stop-loss para limitar quaisquer perdas a um nível gerenciável.
  • Negociação alavancada: Sobre alavancagem, o mais importe é lembrar que ela amplia tanto os lucros, como as perdas. Sempre que aplicar a alavancagem, considere o cenário em que a negociação está desfavorável para você.
  • Complexidade: Embora os princípios do trading de Forex sejam simples, melhorar suas habilidades requer o uso de indicadores econômicos, ferramentas de análise técnica, plataformas de trading e uma compreensão dos eventos geopolíticos que influenciam os preços das moedas. Tudo isso leva tempo e esforço para ser aprendido.
  • Desafios emocionais: Como há dinheiro em jogo, o trading de Forex pode provocar emoções fortes, especialmente medo e ganância. Isso pode levar a decisões impulsivas e irracionais, o que significa que a disciplina emocional é um requisito essencial para o sucesso a longo prazo.

Lembre-se, a negociação Forex envolve riscos e é crucial abordá-la com uma mentalidade disciplinada, um gerenciamento de riscos adequado e um processo contínuo de aprendizagem. Comece com negociações pequenas, aumente gradualmente a sua exposição à medida que ganha experiência e apenas negocie o que pode perder.

 

Qual é a melhor estratégia de trading de Forex?

Existem muitas estratégias diferentes de Forex para seguir, cada uma com metodologia, nível de risco e cronograma diferentes. Escolher a melhor estratégia de Forex muitas vezes depende dos objetivos e habilidades individuais do trader.

À medida que os traders adquirem uma maior compreensão dos mercados e mais conhecimento de como funciona o trading de Forex, várias estratégias abrangentes podem ser usadas simultaneamente em vários produtos de trading para construir um perfil de trading mais amplo que responda às condições do mercado e aos objetivos específicos.

Apesar de nenhuma estratégia garantir o sucesso sempre, temos aqui algumas das estratégias de trading de Forex mais populares:

  • Trading de curto prazo: O trading de curto prazo envolve a realização de várias negociações ao longo do dia para capitalizar as flutuações de preço de curto prazo. Os traders que empregam esta estratégia normalmente usam a análise técnica e dependem de gráficos, indicadores e padrões para identificar potenciais pontos de entrada e de saída.
  • Day trading: O day trading é uma estratégia de trading que envolve a compra e venda de instrumentos financeiros no mesmo dia de negociação. Ao contrário do trading de curto prazo, os day traders podem manter posições por períodos de tempo mais longos, variando de alguns minutos a várias horas.
  • Swing trading: O swing trading é uma estratégia de longo prazo em que um trader pode manter posições abertas por dias, semanas ou mais. É menos afetado pelas flutuações diárias dos preços e mais voltado para as tendências globais.
  • Trading de notícias: Esta é uma estratégia em que o trader tenta lucrar com um movimento de mercado desencadeado por um grande evento noticiado. Podendo ser qualquer coisa, desde um evento agendado, como uma reunião de um banco central ou a divulgação de dados econômicos, até um evento inesperado, como um desastre natural ou uma escalada de tensões geopolíticas.
  • Trading de ação de preço: O trading de ação de preço é uma estratégia que se concentra na tomada de decisões com base nos movimentos de preço de um determinado instrumento, em vez de incorporar indicadores técnicos, que passam a ser usados apenas como uma ferramenta de apoio.
  • Trading de tendências: Essa estratégia envolve a identificação de oportunidades de negociação na direção da tendência, prevendo que o instrumento de negociação continuará a se mover em sua direção atual (para cima ou para baixo).
  • Trading de intervalos: Os traders de intervalo procuram instrumentos de negociação que não estão seguindo a tendência, mas os que estão se consolidando entre 20 pips até várias centenas de pips, com os preços se mantendo dentro das linhas de suporte e resistência.
  • Trading de posição: O objetivo do trading de posição é encontrar oportunidades de movimentos de tendência de longo prazo, ignorando o ruído de curto prazo que ocorre no dia a dia. Os traders que utilizam esse estilo de negociação podem manter posições abertas durante semanas, meses e, em casos raros, até anos!

 

Gerenciamento de riscos no Forex

Muitos profissionais e traders bem sucedidos em todo o mundo acreditam que o gerenciamento de riscos é um dos principais fatores que contribuem para o sucesso no trading. Aqui estão algumas considerações importantes para a estratégia de gerenciamento de riscos no Forex que visam melhorias para o sucesso das suas negociações a longo prazo.

  • Conheça o seu perfil de risco: Você gosta de correr riscos? Ou prefere correr riscos menores e mais calculados? Conhecer o seu próprio perfil de risco, ou seu “apetite pelo risco”, é vital para a gestão de operações Forex. Você pode ajustar sua estratégia de trading de acordo com o seu perfil.
  • Dimensionamento da posição: O montante alocado para cada negociação pode ter um impacto significativo na sua exposição ao risco. Quanto maior o tamanho da sua posição, maiores serão os ganhos e perdas potenciais. O contrário também é verdade. Quanto menor o tamanho da posição, mais administrável é a negociação, embora possa significar um menor potencial de ganhos e perdas. Compreender adequadamente as técnicas de dimensionamento da posição pode ser muito proveitoso, preservando seu capital a longo prazo.
  • Stop-loss: Um dos benefícios das plataformas de trading modernas é que elas oferecem a possibilidade de definir níveis de stop-loss. O nível de stop-loss é um valor pré-determinado que encerra sua negociação automaticamente para evitar mais perdas. Definir um stop-loss para cada uma das suas negociações é uma das formas mais simples e eficazes de gerir os riscos no trading, por isso use um stop-loss para sua proteção.
  • Alavancagem: Assim como com um stop-loss, você pode pré-definir ou alterar o nível de alavancagem que deseja aplicar às suas negociações Forex. A alavancagem permite o incremento de uma pequena quantidade de capital para ganhar exposição a posições comerciais maiores e ampliar os lucros. Tenha em mente, porém, que isso também poderá aumentar as perdas.
  • Psicologia do trading: Além de conhecer seu próprio perfil de risco, também é importante conhecer sua própria psicologia do trading. Isso significa ser honesto consigo mesmo quando se deparar com grandes lucros ou perdas nos mercados. Você sofreu uma perda, e em seguida, abriu mais posições na tentativa de recuperar o seu dinheiro? Você teve uma série de operações bem sucedidas e uma negociação ruim por excesso de confiança? Se você conhece a sua própria mentalidade e compreende a forma como lida com as diferentes condições de mercado, você estará numa excelente posição para se preparar para várias situações.
  • A regra do 1%: Alguns traders experientes usam uma regra prática em que nunca arriscam mais de 1% do seu capital dedicado ao trading. Isso pode ser particularmente útil, pois significa que uma perda imprevista não vai “limpar” sua conta, permitindo que você continue negociando.

 

Pronto para operar com sua vantagem?

Junte-se a milhares de traders e opere CFDs em forex, ações, índices, commodities e criptomoedas!

 

 

Essas informações não devem ser interpretadas como uma recomendação, oferta de compra ou venda, solicitação de uma oferta de compra ou venda de qualquer título, produto financeiro ou instrumento, ou para participar de qualquer estratégia de negociação. Este material foi preparado sem levar em conta seus objetivos, sua situação financeira ou suas necessidades. Quaisquer referências a resultados e previsões anteriores não são indicadores definitivos para resultados futuros. A Axi não representa, nem assume qualquer responsabilidade quanto à exatidão e integralidade do conteúdo desta publicação. Os leitores devem estabelecer seus próprios parâmetros para tomada de decisões.

FAQ


O trading de Forex é arriscado?

Como qualquer forma de investimento, o trading de Forex acarreta riscos inerentes. A volatilidade dos mercados cambiais pode levar a flutuações de preço significativas que podem resultar em ganhos ou perdas potenciais. Os traders podem ter os riscos amenizados utilizando estratégias de trading bem definidas, técnicas de gerenciamento de riscos adequadas, uma abordagem disciplinada e uma sólida compreensão dos mercados financeiros e das condições de mercado.


Quais são os diferentes tipos de corretoras de Forex?

Os “traders varejistas” entram no mercado Forex utilizando empresas corretoras que promovem apoio, plataformas de trading e trading especializado com liquidez. Em geral, existem três tipos principais de corretoras:

  • Formadores de mercado atuam como contraparte dos traders varejistas. Neste acordo, a perda de um trader é o ganho de uma corretora e vice-versa.
  • O ECN (rede de comunicações electrônicas) é usado pelos principais bancos e instituições financeiras que fornecem feeds de preços para um pool de ECN de liquidez. As corretoras acessam este pool de ECN, repassam a melhor oferta e oferecem preços, o que muitas vezes resulta em spreads baixos para os traders.
  • As Corretoras STP (Straight Through Processing) trabalham de forma semelhante às corretoras ECN, ligando os traders aos fornecedores de liquidez. A principal diferença é que as corretoras STP têm ligações individuais com fornecedores de liquidez.


Preciso de uma grande quantidade de capital para começar a negociar Forex?

Não, você não precisa investir uma grande quantidade de dinheiro para iniciar o trading de Forex. É possível começar a negociar Forex com apenas 10 dólares. No entanto, algumas plataformas exigem uma quantidade maior de capital, às vezes até um mínimo de 500 dólares. 

A razão pela qual você pode começar com quantias menores é que você pode usar a alavancagem para aumentar seu investimento inicial. A alavancagem pode ser utilizada para assumir pequenas posições e se expor a posições com um valor total maior. No entanto, você deve estar ciente de que, embora a alavancagem aumente o potencial de lucros maiores de um investimento menor, ela também aumenta o potencial de perdas maiores. Quanto maior a alavancagem que você usa, maior o risco. Em última análise, o valor que você escolhe negociar depende de você. 


Quanto os traders de Forex podem ganhar?

Embora tecnicamente não haja limites para o quanto você pode ganhar no mercado de câmbio, a realidade é que você não obterá ganhos em todas as negociações. Ninguém pode sempre prever como os mercados se comportarão.  

Existem tantas variações no trading de Forex, como perspectivas econômicas, percepção do trader, estratégias e abordagem ao risco, que é impossível dizer o quanto um indivíduo pode ganhar (ou perder). 

Suas chances de lucrar com o Forex aumentarão à medida que você negocia e aprende mais sobre a flutuação das moedas. Além disso, você terá uma ideia melhor de quais são suas metas alcançáveis e dos ganhos potenciais. 


Posso negociar Forex em meio período enquanto trabalho em período integral?

Sim, o trading de Forex oferece flexibilidade e pode ser feito em meio período, juntamente com outras obrigações, como um emprego de período integral. O mercado Forex opera 24 horas por dia, cinco dias por semana, permitindo que a maioria dos traders escolha horários de negociação adequados à sua agenda. Embora os modernos aplicativos de trading e as ferramentas de gerenciamento de operações facilitem a análise conforme a sua conveniência, deve se levar em conta tempo suficiente para a análise da negociação, monitoramento, atualizações do mercado e outras responsabilidades fundamentais. 


Quanto tempo leva para se tornar um trader de Forex bem sucedido?

O tempo que se leva para se tornar um trader de Forex bem sucedido varia de pessoa para pessoa. Os fatores incluem o compromisso do indivíduo com a aprendizagem, seu conhecimento e experiência com o trading, a eficácia de suas estratégias de trading e tempo para se dedicar e atingir seus objetivos de trading. O sucesso no trading é considerado um exercício de longo prazo, exigindo prática contínua, aprendizagem e adaptação às condições do mercado. Ser capaz de aprender com os reveses também é um fator significativo que contribui para o sucesso a longo prazo.  


O que é uma moeda base e uma moeda de cotação?

Cada moeda tem o seu próprio código monetário de três dígitos (por exemplo, GBP para a libra esterlina e USD para o dólar americano). Uma operação Forex envolve duas moedas, referidas como um par de moedas. O preço da primeira moeda é expresso de acordo com a segunda.  

Depois de decidir quais duas moedas deseja operar, calcule quanto da (segunda) moeda cotada é necessário para comprar uma unidade da (primeira) moeda de base. 

Por exemplo, suponha que 1,00 dólar australiano (AUD) a preço de mercado atual seja igual a 1,04 dólares de Singapura (SGD). Sua negociação é representada como AUD/SGD, onde AUD é a moeda base e SGD é a moeda de cotação.  


Como faço para aprender a operar o Forex?

Muitos traders adquirem as habilidades necessárias para operar o Forex, combinando autodidatismo, prática e aprendizagem contínua. Para aprender os fundamentos do trading de Forex e o funcionamento dos mercados, você pode usar ferramentas educativas, como tutoriais, webinars, vídeos, artigos didáticos e análises. Estes materiais, muitos deles gratuitos, podem ser utilizados como ponto de partida para um estudo mais aprofundado em domínios especializados, como a análise de mercado, as técnicas de trading, o gerenciamento de riscos e a psicologia do trading. 

Além dos materiais educativos, os traders podem aproveitar as contas demo gratuitas que lhes permitem negociar com dinheiro virtual num ambiente livre de riscos. O risco de perder dinheiro real é eliminado, ao mesmo tempo que permite a familiarização com a plataforma de trading, explorar diferentes estratégias de trading e colocar o conhecimento e as competências adquiridas em prática. 


O que é o pip no trading de Forex?

O pip, abreviação de “porcentagem em ponto”, é uma alteração no valor de uma moeda que se reflete na quarta casa decimal. Por exemplo, se o SGD for avaliado em US$ 0,9630 e aumentar em dois pips, será então avaliado em US$ 0,9632 em relação ao dólar australiano. Saiba mais sobre pips aqui.


O que é um lote no trading de Forex?

Um lote no trading de Forex se refere ao número de unidades de uma moeda base. Um lote padrão é igual a 100.000 unidades da moeda base em um par Forex. Você também pode negociar lotes mini, micro e nano, que são 10.000, 1.000 e 100 unidades, respectivamente. Por exemplo, negociando um lote padrão em dólares australianos, o valor da operação seria de AUD $100.000.

  • Lote = 100.000 unidades monetárias
  • Minilote = 10.000 unidades monetárias
  • Microlote = 1.000 unidades monetárias
  • Nanolote = 100 unidades monetárias


O que é alavancagem no trading de Forex?

A alavancagem no trading de Forex permite operar negociações de valor superior ao saldo na sua conta de trading. Se a razão de alavancagem for de 5:1, por exemplo, isso indica que você pode negociar com 5 vezes o capital que depositou. Por exemplo, se a conta tiver US$ 1.000, o trader poderá executar negociações no valor total de US$ 5.000. 

Esta configuração tem o potencial de maximizar os retornos, tendo o mesmo efeito sobre as perdas. No final, você decide quanta alavancagem usar em cada operação e pode ajustar a quantidade de alavancagem que planeja usar em uma negociação antes de iniciar uma. 

É importante notar que ao negociar com alavancagem, você também está sujeito a requisitos de margem. Se o seu saldo ficar abaixo dos requisitos de margem, as suas posições fecharão em perda automaticamente. 


O que é margem no trading de Forex?

A margem é efetivamente um pagamento inicial numa negociação alavancada. Pense nisso como a aquisição de um imóvel financiado, em que você precisa dar como entrada uma porcentagem do valor total para efetuar a compra.  

Para usar a alavancagem no trading de Forex, você pode precisar colocar uma margem de “alguns” por cento. Por exemplo, sua corretora FX pode oferecer uma alavancagem de 10:1 mediante uma margem de US$1.000. Assim, a operação pode ocorrer usando apenas 10% do seu próprio dinheiro para negociar um lote padrão de 100.000 unidades. 

Neste caso, o trader teria de realizar um depósito na conta de margem antes de executar qualquer operação. 


O que é spread no trading de Forex?

O spread no Forex é um pequeno custo incorporado nos preços de compra (bid) e venda (ask) de cada negociação de pares de moedas, também conhecido como “markup”. 

Você verá um preço de compra separado e um preço de venda quando planeja fazer uma negociação em sua plataforma de trading. Basta deduzir o preço ask/sell do preço bid/buy para determinar o spread. Tipicamente, a diferença é extremamente pequena. Por exemplo, o preço de compra de um par de moedas pode ser de 1,1529, enquanto o seu preço de venda pode ser de 1,1523. Como resultado, o spread será de 6 pips, ou 0,0006. Os traders preferem as corretoras que repassam os menores spreads.  


Qual é a diferença entre uma posição longa e curta no Forex?

Operar em longo significa que você está comprando um par de moedas na expectativa de que o preço vai subir. Operar em curto em um par de moedas significa que você está vendendo, esperando que o preço do mercado vai diminuir. 


O que é uma ordem stop-loss e take-profit?

Devido à flutuação natural do mercado Forex, existe um risco inerente de que uma negociação possa dar errado. Para ajudar a reduzir esse risco e proteger o seu capital, existem duas ferramentas-chave comumente usadas pelos traders.

  • Stop-loss é um limite pré-determinado no qual uma transação será automaticamente encerrada. Ele é definido pelo trader no momento em que a ordem é colocada. Isso pode ajudar os traders a evitar perdas que excedam o que estão dispostos a assumir.
  • Ao invés de proteger contra perdas, as ordens de take-profit destinam-se a proteger os lucros após um objetivo pré-definido ter sido atingido. Obter lucro mais cedo pode impedir você de reivindicar ganhos ainda maiores, mas esse tipo de ordem protege os lucros assim que seu nível aceitável é atingido.


O que é uma ordem limite?

No mercado Forex, uma ordem limite determina a compra ou venda a um preço específico ou a um preço melhor.  

Por exemplo, você pode colocar um limite de compra para comprar apenas a um preço específico ou abaixo dele. Um limite de venda pode ser definido para vender a um preço específico ou acima dele. Quando estes preços são atingidos na plataforma, as suas ordens são executadas automaticamente. 


Quais são as lacunas no trading de Forex?

Embora o mercado cambial não esteja aberto sete dias por semana, os preços ainda podem mudar ao longo dos dois dias em que a negociação não ocorre. Também podem ocorrer mudanças súbitas de preços, geralmente devido a um grande evento econômico ou ambiental que influencia drasticamente o valor de uma moeda. 

Dentro dessas lacunas na negociação normal, os valores da moeda ainda podem subir ou descer, de modo que alguns traders criam estratégias especificamente destinadas a aproveitar esse cenário. 


Qual é a taxa de swap?

No Forex, uma taxa de swap também é conhecida como taxa de rollover. É o montante adicionado ou subtraído da retenção da sua posição durante a noite. 

A taxa de swap varia com base em vários fatores, principalmente os associados às taxas de juros vigentes. 

Os day traders não precisam se preocupar tanto com as taxas de swap, mas é um custo a considerar se você estiver usando estratégias de longo prazo, pois isso pode ou não ser uma vantagem em termos de lucros. 


O que são moedas de segurança?

Existe um pequeno grupo de moedas que são informalmente conhecidas nos mercados de trading de Forex como “moedas de segurança”. São elas: o iene japonês (JPY), a libra esterlina (GBP), o dólar americano (USD), o euro (EUR) e o franco suíço (CHF).  

Elas são consideradas seguras, uma vez que são historicamente estáveis e têm maior probabilidade de manter o seu valor quando comparadas com outras moedas durante condições voláteis de mercado. Assim como o ouro, que é conhecido como um ativo de segurança, as moedas deste grupo atrairão mais atividade comercial, especialmente durante períodos de alta volatilidade do mercado. Da mesma forma, alguns dos pares de moedas Forex mais voláteis também são frequentemente negociados devido às oportunidades que oferecem aos traders. 


Como posso saber quando as principais notícias Forex serão anunciadas?

Um calendário econômico on-line pode ser utilizado para monitorar eventos econômicos programados em todo o mundo que possam afetar o movimento de todo o mercado ou de moedas individuais. Um bom calendário econômico incluirá notícias, como números de inflação, dados de desemprego, anúncios de taxas de juro, relatórios financeiros do mercado varejista, dados de exportação e crescimento do PIB. 


Por que um calendário econômico é importante para o trading de Forex?

As economias em todo o mundo estão em constante mudança e são influenciadas por fatores como mudanças no governo, acordos comerciais, recursos, confiança do consumidor e conflitos. Eventos como anúncios de números de desemprego no Canadá e os últimos números de pedidos de hipotecas no Reino Unido podem impactar o mercado de câmbio. Um discurso feito pelo presidente dos EUA pode impactar a taxa de câmbio, assim como as mudanças nos preços dos imóveis na Austrália. 

Saber sobre os principais anúncios de antemão pode ser útil para se ter sucesso como um trader, pois os eventos podem fornecer pistas sobre como certos pares de moedas se movimentarão.   


Que software se utiliza para negociar Forex on-line?

Depois de se cadastrar numa corretora on-line, você terá acesso às ferramentas e software necessários para poder negociar Forex on-line. 

O MetaTrader 4 (MT4) é a plataforma de negociação mais popular do mundo e oferece funções que incluem gráficos de preços ao vivo, alertas de preços, indicadores personalizados e ferramentas de análise. O aplicativo MT4, disponível na maioria dos principais dispositivos móveis, oferece aos usuários a capacidade de se manterem atualizados com os mercados em tempo real, onde quer que estejam.  

O MT4 também permite que seus usuários desenvolvam Expert Advisors (também conhecidos como robôs traders), indicadores personalizados e scripts usando a linguagem de programação MQL4, desenvolvida pela MetaQuotes, desenvolvedora do MT4.  

A ampla funcionalidade do MT4 o torna adequado tanto para traders iniciantes quanto para traders experientes. 



Milan Cutkovic

Milan Cutkovic

Milan Cutkovic tem mais de oito anos de experiência em trading e análise de mercados forex, índices, commodities e ações. Ele foi um dos primeiros traders aceitos no programa Axi Select, que identifica traders altamente talentosos e os auxilia no desenvolvimento profissional.

Além de ser um trader, Milan escreve análises diárias para a comunidade Axi, usando seu amplo conhecimento dos mercados financeiros para fornecer insights e comentários únicos. Ele é um aficionado em ajudar as pessoas a se tornarem mais bem sucedidas em suas negociações e compartilha suas habilidades contribuindo com e-books abrangentes em trading e publicando regularmente artigos educacionais no blog da Axi. Seu trabalho é frequentemente citado nos principais jornais internacionais e portais de mídia.

Milan é frequentemente citado e mencionado em muitas publicações financeiras, incluindo Yahoo Finance, Business Insider, Barrons, CNN, Reuters, New York Post e MarketWatch.

Você pode encontrá-lo em: LinkedIn


More on this topic

consulte Mais informação

Pronto para operar com sua vantagem?

Comece a operar com um corretor global premiado.

Demo Abra uma conta real