Melhores estratégias e técnicas de trading de Forex

Forex /
Milan Cutkovic

Todos sabemos que pode ser difícil começar a operar Forex, mas encontrar as estratégias de negociação certas é a chave para os traders iniciantes que entram no mercado Forex.

O mercado Forex é o maior e mais líquido mercado financeiro do mundo. Com um valor médio diário de operações de 6,6 trilhões de dólares, mais que o dobro da Bolsa de Valores de Nova York, o mercado Forex é uma arena atraente para os traders.

Operar moedas pode ser uma empreitada recompensadora para aqueles que estão dispostos a assumir o risco. No entanto, existem muitas armadilhas que os iniciantes devem evitar se quiserem ter sucesso a longo prazo.

Isso significa encontrar o estilo de negociação certo!

Continue lendo para descobrir estratégias de trading de Forex que funcionam e para obter alguns insights sobre o que um trader iniciante precisa fazer para ter sucesso no mercado Forex. Mas primeiro, entenda exatamente o que é uma estratégia de trading de Forex e como escolher a certa para você.

 

O que é uma estratégia de trading de Forex?

Uma estratégia de trading pode ser descrita como um conjunto de regras que ajudam um trader a determinar quando entrar em uma negociação, como gerenciá-la e quando fechá-la. Uma estratégia de trading pode ser muito simples ou muito complexa, podendo variar de trader para trader.

Os traders que utilizam a análise técnica têm mais facilidade para definir suas próprias regras de entrada/saída, enquanto traders que utilizam a análise fundamentalista podem ter um pouco mais de dificuldade, pois há muita arbitragem envolvida. Independentemente do perfil, cada trader deve ter uma estratégia preparada, pois esta é a melhor maneira de obter consistência e medir seu desempenho com precisão.

 

Como escolher a melhor estratégia de Forex?

Poucos traders encontram a estratégia certa de imediato. A maioria despenderá muito tempo testando várias estratégias com uma conta demo ou de teste. Isso permite que você realize seus testes em um ambiente seguro e sem riscos.

Mesmo que um trader encontre uma estratégia com resultados promissores e que sinta ser a certa, é improvável que ele siga essa estratégia exata a longo prazo. Os mercados financeiros estão em constante evolução e os traders devem acompanhá-los.

Se você é iniciante, é preferível que você mantenha estratégias simples. Muitos principiantes cometem o erro de tentar incorporar indicadores técnicos demais na sua estratégia, o que leva a uma sobrecarga de informação e sinais conflitantes. Você sempre pode ajustar sua estratégia à medida que avança, podendo usar a experiência que aprendeu com o backtesting e a negociação demo.

 

Estratégias de trading de Forex mais comuns entre iniciantes

Veja a seguir a nossa lista com 12 estratégias eficazes de trading de Forex voltadas para principiantes:

  1. Ação de preço (price action)
  2. Trading de intervalo (range trading)
  3. Trading de tendências (trend trading)
  4. Trading de posição (position trading)
  5. Day trading
  6. Escalpelamento (scalping)
  7. Swing trade
  8. Carry trade
  9. Estratégia de fuga (breakout)
  10. Trading de notícias
  11. Trading de retrações (retracement)
  12. Grid trading

1. Ação de preço (price action)

O trading de ação de preço é uma estratégia que se concentra na tomada de decisões com base no movimento dos preços de um determinado instrumento em vez de incorporar indicadores técnicos (por exemplo, RSI, MACD e bandas de Bollinger). Há uma variedade de estratégias de ação de preço que você pode utilizar, desde fugas e reversões a padrões de vela simples e avançados.

Os indicadores técnicos geralmente não fazem parte de uma estratégia de ação de preço, mas, se forem incorporados, não devem desempenhar um papel importante, mas sim ser utilizados como uma ferramenta de apoio. Alguns traders gostam de incorporar indicadores simples, como médias móveis, pois podem ajudar a identificar a tendência.

Os benefícios dessa estratégia são que seus gráficos permanecem limpos e há menos risco de sofrer sobrecarga de informações. Ter vários indicadores em seu gráfico pode gerar sinais conflitantes, o que pode levar à confusão, especialmente para iniciantes.

A leitura da ação de preço também pode ajudar você a sentir melhor o mercado e a identificar padrões de maneira mais eficiente. Outra razão pela qual a estratégia de ação de preço é bastante popular entre os day traders é que ela é mais adequada para traders que procuram lucrar com movimentos de curto prazo. Com o day trading, você precisa tomar decisões rapidamente. Ter um “gráfico limpo” e focar puramente na ação de preço tornará esse processo mais fácil.

A seguir, temos um exemplo de uma estratégia de trading simples de fuga ou breakout. O ponto 1,1772 foi um importante nível de suporte, e o nosso trader estava à espera de uma fuga para vender o EUR/USD e lucrar com a próxima perna mais baixa. Vemos que a tendência geral está a seu favor (tendência de baixa ou downtrend). Então, uma fuga ocorreu e o par de moedas caiu mais de 70 pips antes de finalmente encontrar o suporte em 1,1700.

EURUSD chart with price action trading

Alguns traders preferem entrar assim que o preço rompe abaixo do nível chave de suporte, talvez até com uma ordem de sell-stop, enquanto outros traders preferem esperar para monitorar a ação de preço para agir mais tarde. As falsas fugas ocorrem com frequência, então é importante estabelecer regras adequadas de gestão de risco para lidar com situações dessa natureza.

2. Trading de intervalo (range trading)

Os traders que utilizam uma estratégia de trading de intervalo são aqueles que procuram instrumentos de negociação que estão se consolidando em um determinado intervalo. Dependendo do timeframe em que você está negociando, esse intervalo pode variar de 20 pips a várias centenas de pips. O que o trader procura são zonas de suporte e resistência uniformes, ou seja, preços rebatidos da zona de suporte e preços recusados na zona de resistência.

Os traders que utilizam esta estratégia devem procurar instrumentos de negociação que não estejam numa tendência. Para fazer isso, você pode simplesmente olhar para a ação de preço de instrumento ou usar indicadores como a média móvel e o índice direcional médio (ADX). Quanto mais baixo for o valor do ADX, mais fraca será a tendência.

Depois de ter encontrado um instrumento de negociação adequado, você deve identificar o intervalo em que o instrumento de negociação está se consolidando.

Uma estratégia clássica de trading de intervalo é capaz de sinalizar a hora de vender quando o preço atingir a zona de resistência chave e de comprar quando o preço atingir a zona de suporte chave. Alguns traders se concentrarão em dois níveis específicos, enquanto outros negociarão “bandas” ou “zonas”. Por exemplo, se você identificou 1,17 como o principal nível de resistência, mas o preço geralmente fica em 1,1690 ou 1,1695, você pode destacar essa zona (1,1690 – 1,17) e começar a procurar oportunidades de venda dentro dela. Concentrar-se apenas nesse nível específico pode levar você a perder boas oportunidades de negociação, pois os preços muitas vezes podem sofrer reversão antes de atingir esses níveis.

A seguir, temos um exemplo de um par de moedas que está sendo negociado por intervalo (EUR/SEK). O ADX tem leituras baixas na maioria das vezes, e é possível ver que o preço muitas vezes rebate da zona de suporte em 10,00/04, tendo dificuldades em romper a zona de resistência entre 10,27 e 10,30.

EURSEK chart with range trading strategy

3. Trading de tendências (trend trading)

As estratégias de trading de tendências envolvem a identificação de oportunidades de negociação na direção da tendência. A ideia por trás disso é que o instrumento de negociação continuará a se mover na mesma direção da tendência (para cima ou para baixo).

Quando os preços estão consistentemente subindo (registrando máximos mais elevados), temos uma tendência de alta. E o contrário, quando os preços estão diminuindo (o instrumento de negociação registrando mínimos mais baixos), temos uma tendência de baixa.

Com exceção à ação de preço, os traders podem usar ferramentas de apoio para identificar a tendência. As médias móveis são uma das mais populares. Os traders podem simplesmente verificar se o preço está sendo negociado acima ou abaixo de uma média móvel (a 200 DMA é um parâmetro popular e amplamente acompanhado) ou usar crossovers de MA.

Para utilizar os crossovers de médias móveis, que também podem ser utilizados como sinais de entrada, é necessário definir uma MA rápida e uma MA lenta. Um exemplo popular são a 50 DMA e a 200 DMA. O cruzamento da média móvel de 50 dias acima da média móvel de 200 dias pode indicar o início de uma tendência de alta e vice-versa.

A seguir, temos um exemplo com o par USD/JPY e dois crossovers de DMA (50 DMA e 200 DMA).

USDJPY chart with trend trading strategy

4. Trading de posição (position trading)

O objetivo do trading de posição é capturar lucros de movimentos de tendência de longo prazo, ignorando o ruído de curto prazo que ocorre no dia a dia. Os traders que utilizam esse estilo de negociação podem manter posições abertas durante semanas, meses e, em casos raros, até anos.

Juntamente com o escalpelamento, esse é um dos estilos de negociação mais difíceis. Ele exige que um trader seja altamente disciplinado, sendo capaz de ignorar o ruído e manter a calma mesmo quando uma posição se move contra seus interesses em várias centenas de pips.

Imagine, por exemplo, que você tinha uma perspectiva de baixa sobre as ações no início de 2018. Você vendeu o S&P 500 no início do ano com a intenção de manter a posição aberta pelo resto do ano. Embora o movimento dos preços no início e no final do ano tenha sido vantajoso, o rally de março a setembro talvez tenha sido uma experiência penosa. Apenas alguns traders têm a disciplina de manter as suas posições funcionando durante um período tão longo.

5. Day trading

Os day traders geralmente não fazem negociações apenas por alguns segundos, como fazem os scalpers. No entanto, o dia de negociação também tende a se concentrar numa sessão ou hora específica do dia, quando tentam aproveitar as oportunidades. Embora os scalpers possam usar um gráfico M1 para negociar, os day traders tendem a usar de tudo, desde o gráfico M15 até o gráfico H1.

Os scalpers tendem a abrir mais de 10 negociações por dia (alguns traders altamente ativos podem acabar com mais de 100 por dia), enquanto os day traders geralmente demoram um pouco mais e tentam encontrar 2 ou 3 boas oportunidades por dia.

O day trading pode ser bom para você caso goste de fechar suas posições antes fim do dia de negociação, mas não quer ter o alto nível de pressão que vem com escalpelamento.

6. Escalpelamento (scalping)

No escalpelamento, os traders tentam aproveitar os pequenos movimentos de preços intradiários. Alguns até têm uma meta de apenas 5 pips por negociação, e o prazo da negociação pode variar de segundos a alguns minutos. Os scalpers precisam ser bons com números e rápidos para tomar decisões sob pressão. Eles também costumam passar mais tempo nem frente à tela e tendem a se concentrar em um ou alguns mercados específicos (por exemplo, apenas no escalpelamento do EUR/USD ou apenas em futuros S&P 500).

A vantagem do escalpelamento é que ele permite que você se concentre no mercado em um timeframe específico, e você não precisa se preocupar em manter suas posições durante a noite ou interpretar os fundamentos de longo prazo.

No entanto, o escalpelamento traz muita pressão, pois é necessário estar completamente focado durante a sessão de negociação. Além disso, é mais fácil se deixar levar pela emoção e cometer erros quando você só tem poucos minutos para executar suas negociações. Portanto, essa estratégia pode não ser o melhor estilo de negociação para principiantes.

7. Swing trade

Swing trade é um termo usado para os traders que tendem a manter suas posições abertas por vários dias. Eles podem usar desde um gráfico H1 ao D1, ou mesmo um semanal. As estratégias de trading mais populares incluem acompanhamento de tendências, trading de intervalo e trading de fuga.

Os traders que escolhem esse de estilo de negociação precisam ser pacientes e disciplinados. Pode levar dias para que uma boa oportunidade apareça, o que implica manter uma negociação aberta por uma semana ou mais executando perdas abertas. Alguns traders não têm a paciência necessária e fecham suas negociações muito cedo.

Se você gosta de analisar os mercados sem pressa e se sente confortável com posições em funcionamento durante dias ou mesmo semanas, o swing trade pode ser o estilo de negociação certo para você. Essa estratégia também permite incluir análises fundamentalistas para tentar antecipar movimentos de políticas monetárias ou desdobramentos políticos, o que não serve para o escalpelamento.

8. Carry trade

Um trader que utiliza uma estratégia de carry trade tenta lucrar com a diferença de juros entre as duas moedas diferentes que compõem um par de moedas.

O trader compra uma moeda com uma taxa de juro elevada e vende uma moeda com uma taxa de juro baixa. Um exemplo popular é comprar o par AUD/JPY devido às taxas de juro historicamente elevadas da Austrália e das taxas historicamente baixas do Japão. Ao fazer isso, o trader receberá um pagamento de taxa de juro com base na dimensão da sua posição.

A vantagem de uma estratégia de carry trade é que você pode ganhar juros substanciais só em manter uma posição. É claro que é necessário um ambiente de mercado adequado para que isso funcione. Se o par AUD/JPY estiver numa forte tendência de baixa e você mantiver uma posição longa, os pagamentos dos juros não compensarão o P&L global negativo.

O carry trade funciona bem num ambiente de mercado em alta, quando os traders estão buscando transações de alto risco. O iene japonês é um porto seguro tradicional, portanto, no carry trade, muitos operam em curto (vendem) o iene contra outra moeda de “risco”.

No entanto, você também deverá conhecer bem as características da moeda que está comprando. Por exemplo, o dólar australiano é favorecido pelo aumento dos preços das matérias-primas, o dólar canadense tem uma correlação positiva com os preços do petróleo, e assim por diante.

A seguir, apresentamos um gráfico do par AUD/JPY, e em destaque, temos um período em que este par de moedas estava com um desempenho extremamente bom, onde o carry trade se encaixaria perfeitamente.

AUDJPY carry trade opportunity on price chart

9. Estratégia de fuga (breakout)

Uma estratégia de fuga visa entrar numa negociação assim que o preço sair do seu intervalo. Os traders procuram um forte momentum onde a fuga é o sinal para entrar na posição e lucrar com o movimento do mercado que se segue.

Os traders podem abrir suas posições no mercado, o que significa que terão de acompanhar de perto a ação de preço, ou criar ordens de buy-stop ou sell-stop. Normalmente, o ponto para interromper as negociações é aquele logo abaixo do nível de resistência anterior ou acima do nível de suporte anterior. Para definir os seus objetivos de saída, os traders utilizam níveis clássicos de suporte e resistência.

AUDJPY breakout strategy opportunity on trading chart

10. Trading de notícias

O trading de notícias é uma estratégia em que o trader tenta lucrar com um movimento de mercado que foi desencadeado por um grande evento de notícias. O que pode ser qualquer coisa, desde uma reunião de um banco central para a divulgação de dados econômicos até um evento inesperado, como um desastre natural ou a escalada de tensões geopolíticas.

O trading de notícias pode ser muito arriscado, pois o mercado tende a ser extremamente volátil em momentos assim. Você também verificará que o spread dos instrumentos de negociação envolvidos pode aumentar significativamente. Devido à perda da liquidez, você também corre o risco de slippage, o que significa que sua negociação pode ser executada a um preço significativamente pior do que o esperado ou ter dificuldade para fechar sua posição no nível que tinha em mente.

Então, agora que você está ciente dos riscos, vamos ver como você pode negociar com as notícias.

Primeiramente, você precisa determinar qual evento deseja negociar e quais pares de moedas poderão ser mais impactados pelo evento. Uma reunião do Banco Central Europeu terá certamente um maior impacto no euro. No entanto, qual par de moedas específico você deve escolher? Se você está esperando um BCE hawkish sinalizando aumentos de taxas, faria sentido escolher uma moeda de baixo rendimento, como o iene japonês. Por conseguinte, o par EUR/JPY poderia ser a escolha certa.

Além disso, você pode abordar o trading de notícias com ou sem um viés. Isso implica ter uma ideia da direção na qual você acha que o mercado pode se deslocar, dependendo dos desdobramentos do evento. Por outro lado, o trading de notícias sem um viés pode levar você a tentar prever o movimento maior, independentemente de sua direção.

A seguir, temos um exemplo do impacto que o lançamento do NFP de julho teve no US500.

US500 trading chart with news trading example

11. Trading de retrações (retracement)

O trading de retrações envolve mudanças temporárias na direção de um determinado instrumento de negociação. As retrações não devem ser confundidas com reversões. As retrações são movimentos temporários, enquanto as reversões indicam uma mudança significativa na tendência. Ao negociar retrações, você ainda estará negociando na direção da tendência. Você estará tentando capitalizar as reversões de preços a curto prazo dentro de uma importante tendência de preços.

Existem várias maneiras de negociar as retrações. Por exemplo, você pode utilizar as linhas de tendência. Vejamos o gráfico do US500 a seguir. O índice está claramente numa tendência de alta e a linha de tendência ascendente poderia ter sido utilizada para indicar uma oportunidade de compra depois que a linha de tendência real fosse testada pelo preço.

As retrações de Fibonacci são outra ferramenta popular para negociar retrações, particularmente os níveis de 38,2%, 61,8% e 78,6%.

US500 retracement trading chart

12. Grid trading

O grid trading envolve a criação de várias ordens acima e abaixo de um determinado preço. A ideia é lucrar com a volatilidade criando ordens de compra e venda em intervalos regulares acima e abaixo do nível do preço definido, por exemplo, a cada 10 pips acima e abaixo.

Se o preço se deslocar numa direção, você terá uma posição mais ampla, e o mesmo acontece com seu P&L flutuante. Naturalmente, o risco está nas falsas fugas ou numa reversão repentina.

AUDUSD grid trading chart

Como comparar as estratégias de Forex?

Cada trader deve tentar identificar seu próprio ponto forte. O que pode ser um conjunto de competências que o trader possui.

Por exemplo, alguns traders podem ter atenção curta, mas são rápidos com números e conseguem lidar com o estresse da negociação intradiária extremamente bem. Entretanto, um outro trader com um estilo de negociação diferente, talvez não seja capaz de funcionar de maneira eficiente neste tipo de ambiente, mas talvez ele seja um habilidoso estrategista com uma ampla visão do panorama geral.

Para os traders iniciantes, é especialmente importante ser capaz de identificar suas próprias habilidades e adequar a estratégia de negociação de acordo com a personalidade do indivíduo, e não o contrário. Existem muitas vantagens no trading de Forex , por isso cabe a você comparar as estratégias com as quais mais se identifica.

 

Como descobrir qual estratégia de trading de Forex mais combina com você?

Faça testes em plataformas no modo demo com fundos virtuais. Quando você pegar o jeito, sentindo qual estratégia mais combina com você, então considere aplicá-la no cenário real. E nem assim o processo estará concluído.

Alguns traders podem se identificar com o day trading e depois podem mudar para o swing trading ao longo da carreira como investidor. Assim como o ambiente de mercado está constantemente evoluindo, o mesmo acontece com os traders e suas preferências.

Além disso, você pode fazer um dos muitos testes de perfil gratuitos na internet, o que lhe ainda trará mais insights.

 

 

As informações não devem ser interpretadas como uma recomendação, ou uma oferta de compra ou venda, ou uma solicitação de uma oferta de compra ou venda de qualquer título, produto financeiro ou instrumento, ou para participar de qualquer estratégia de negociação. Os leitores devem estabelecer seus próprios parâmetros para tomada de decisões. A reprodução ou redistribuição desta informação não é permitida.



Milan Cutkovic

Milan Cutkovic

Milan Cutkovic tem mais de oito anos de experiência em trading e análise de mercados forex, índices, commodities e ações. Ele foi um dos primeiros traders aceitos no programa Axi Select, que identifica traders altamente talentosos e os auxilia no desenvolvimento profissional.

Além de ser um trader, Milan escreve análises diárias para a comunidade Axi, usando seu amplo conhecimento dos mercados financeiros para fornecer insights e comentários únicos. Ele é um aficionado em ajudar as pessoas a se tornarem mais bem sucedidas em suas negociações e compartilha suas habilidades contribuindo com e-books abrangentes em trading e publicando regularmente artigos educacionais no blog da Axi. Seu trabalho é frequentemente citado nos principais jornais internacionais e portais de mídia.

Milan é frequentemente citado e mencionado em muitas publicações financeiras, incluindo Yahoo Finance, Business Insider, Barrons, CNN, Reuters, New York Post e MarketWatch.

Você pode encontrá-lo em: LinkedIn


More on this topic

consulte Mais informação

Pronto para operar com sua vantagem?

Comece a operar com um corretor global premiado.

Demo Abra uma conta real