O que é operação de criptomoedas?

Quer saber o que é operação de criptomoedas e como funciona? Você está no lugar certo.

O que é operação de criptomoedas?

A operação de criptomoedas ocorre quando você compra ou vende moedas digitais com o propósito de lucrar a partir da oscilação no valor do ativo subjacente. Operar criptomoedas é simples e seguro, assim como a operação de moedas Forex tradicional.

Há duas maneiras principais negocie criptomoedas online: utilizando uma corretora especializada como a Axi ou por uma bolsa de criptomoedas específica. A partir daí, você tem duas opções de investimento: operar movimentos de preços por CFDs de criptomoedas ou adquirindo o próprio ativo. Cada método tem seus prós e contras, como descrevemos abaixo.

Como funciona a operação de criptomoedas?

Há duas maneiras fáceis de investir em criptomoedas. A primeira é usar uma carteira digital para comprar criptomoedas na taxa de mercado atual — similar a investir em ações. Assim que possuir a moeda, você obtém lucro ao vender a um preço mais alto do que pagou.

Alternativamente, você pode operar criptomoedas como CFDs. O mesmo ocorre com a operação cambial e de commodities, em que você não possui o ativo “físico”, mas opera conforme os movimentos dos preços, significando que você pode lucrar se o preço subir ou descer.

Como a operação de criptomoedas CFD permite que você use alavancagem, uma pequena quantidade de capital pode dar a você acesso a um valor de operação mais alto. Por exemplo, US$ 1.000 na sua conta de operações com alavancagem de 100:1 permite que você abra operações a um valor de US$ 100.000. Embora a alavancagem possa gerar altos retornos, também aumenta o nível de risco. Saiba mais sobre como operar criptomoedas.

O que é blockchain?

Blockchain é a tecnologia subjacente por trás das transações de criptomoedas que ajuda a torná-las seguras. Essencialmente, é uma rede de computadores descentralizada que registra uma sequência de transações, enquanto ao mesmo tempo torna essa cadeia de registros transparente a todos os usuários na rede.

Sempre que uma nova transação é registrada, uma cópia desse novo bloco de dados é adicionada à cadeia e atualizada em todos os computadores na rede. Por isso, apesar de não ser controlada por nenhuma autoridade regular ou governamental, a transparência da tecnologia blockchain facilita a detecção de uma possível interferência em uma transação ou registro.

O que é bitcoin?

O Bitcoin foi a primeira e continua sendo a criptomoeda mais conhecida. Ele faz uso da tecnologia blockchain para oferecer uma forma altamente segura e descentralizada de moeda digital.

Desde o início, o Bitcoin se tornou uma forma de moeda internacional amplamente aceita, utilizada por todos, desde governos a pequenos varejistas. Pode ser operado de forma aberta nos mercados como CFD da mesma maneira que outras moedas e commodities, juntamente com outras criptomoedas como Litecoin, Ethereum, Ripple e muitas outras.

Corretora CFD de criptomoedas vs. Bolsa de criptomoedas

Operar CFDs de criptomoedas por meio de uma corretora

As corretoras operam um serviço especializado na operação de importantes classes de ativos globais como câmbio, commodities, índices e criptomoedas.

A operação de criptomoedas utilizando uma corretora é feita por meio de CFDs, utilizando as redes e plataformas de operação existentes da corretora, e não requer o uso de uma carteira digital. Como CFDs não exigem a compra de um ativo subjacente, operar CFDs de criptomoedas permite o uso de alavancagem, o que ajuda a reduzir o investimento inicial de capital enquanto obtém exposição ao valor total de uma operação. Quando comparado com o custo de comprar um ativo diretamente, a operação de CFDs utilizando uma corretora normalmente oferece menos barreiras à entrada. E, como você pode lucrar em qualquer direção do mercado, operar CFD de criptomoedas com uma corretora oferece flexibilidade ao investimento.

Operar criptomoedas em uma bolsa

Para ter a posse total de um ativo de criptomoeda (como uma unidade individual de Bitcoin), você precisa comprá-lo por meio de uma bolsa online, utilizando uma carteira digital e pagamento no valor de mercado total do ativo — assim como ao comprar ações.

Assim que possuir o ativo, você só lucra se o valor aumentar em relação ao preço de compra no momento em que vender. E, como o mercado de moedas digitais é descentralizado e sem regulamentação por parte de autoridades governamentais, o risco de fraude e roubo cibernético é maior.

O que move o preço dos mercados de criptomoedas?

Os fatores que orientam o preço das criptomoedas normalmente são similares preços das ações tradicionais àqueles que movem os, nos proporcionando a capacidade de aplicar algumas análises técnicas e de fundamentos familiares do mercado de criptomoedas.

Techincals vs Fundamentals

Correlação de criptomoedas

Embora as criptomoedas com a maior capitalização de mercado (incluindo Bitcoin, Ethereum e Ripple) usem tecnologia subjacente diferente, as tendências mostram que a maioria delas se move na mesma direção, na maior parte do tempo.

Análise técnica

O pouco tempo de existência das criptomoedas pode dificultar uma projeção de metas de preços prováveis para elas. Um método eficaz é usar outras análises técnicas e tradicionais de trading como gráficos, sinalizações e padrões de preços.

Barulho midiático

O barulho e a cobertura da mídia é comum em épocas nas quais os ativos passam por flutuações de preços significativas. Esse interesse adicional, se for trabalhado, tem o potencial de alterar artificialmente o preço da criptomoeda subjacente.

Análise on-chain

A análise on-chain é específica para criptomoedas e se baseia em informações públicas fornecidas pelas blockchains. Assim como o índice preço/lucro nas ações tradicionais, você analisa a quantidade de transações para ver em que medida está sendo negociada e especula se o preço de mercado reflete o valor real.

A operação de criptomoedas é rentável?

Uma análise de gráficos de preços históricos mostra que o ambiente de alta volatilidade da operação de criptomoeda pode ser bastante rentável — especialmente considerando que fica aberta 24 horas. Ao operar criptomoedas, sempre considere fatores como o valor da liquidez disponível no mercado subjacente, pois isso pode afetar significativamente fatores como spreads e pontos de entrada.

Quais são as vantagens de operar criptomoedas?

À medida que mais criptomoedas são criadas e ingressam no mercado, mais pessoas desejam saber quais são as vantagens de operar criptomoedas.

Obtenha lucros em qualquer direção do mercado

Como a operação de CFDs de criptomoedas é baseada em movimentos de preços de tempo real, você tem a vantagem de poder lucrar quando o preço subir ou descer, dependendo de que maneira você especula na sua operação. Isso é o contrário de investir diretamente em uma criptomoeda, onde você precisa depender do aumento no valor antes de poder gerar lucros.

Menor investimento necessário

Usar alavancagem para operar CFDs de criptomoedas dá a você a flexibilidade com a quantidade de capital que precisa operar. Por exemplo, se tiver US$ 1.000 na sua conta e aplicar alavancagem de 100:1, você pode obter exposição a um valor de operação de US$ 100.000 (observe que essa alavancagem pode aumentar lucros e prejuízos). Para investir diretamente neste ativo, em vez de operar como CFD, você precisa pagar o preço de mercado total antecipadamente.

Não é preciso ter uma carteira digital

Para investir em criptomoeda “física” com a finalidade de possuí-la, é preciso ter uma carteira digital e aceitar o risco online inerente (como hacking) envolvido em operá-la. A operação de uma criptomoeda como CFD pode ser feita em uma plataforma de trading existente e comprovada, com garantia adicionada da operação que está sendo executada por uma corretora com conformidade e responsabilidade regulatória.

Proteção contra moedas fiduciárias

À medida que o uso e o investimento em criptomoeda se tornou mais popular e avançou ainda mais para um protagonismo, com as próprias moedas se tornando cada vez mais legitimadas. Com isso, veio alguma estabilidade, crescimento e uma viabilidade e valor crescentes como uma forma de moeda alternativa amplamente aceita.

Descubra mais mercados para operar com a Axi

Escolha entre diversos mercados globais para operar com a Axi, usando spreads super competitivos e alavancagem flexível para operar o seu Melhor

Perguntas frequentes sobre operação de criptomoedas

Não, ao contrário dos mercados regulares, o mercado de criptomoedas fica aberto 24 horas por dia, 7 dias por semana. No entanto, quando operar CFDs de criptomoedas com a Axi, considere os movimentos de preços baseados nos detalhes na programação de produtos.

Na prática, operar CFDs de criptomoedas não é diferente de operar nenhum outro instrumento financeiro, como forex, de ouro, petróleo, ações. Isso porque você só está operando os movimentos de preços e não está investindo nos valores normalmente significativos necessários para assumir a propriedade do próprio ativo subjacente. 

No entanto, como operador, você precisa se lembrar de que cada ativo está sujeito a forças de mercado únicas e se comporta de forma diferente (por exemplo, alguns produtos são mais voláteis do que outros). É por isso que a análise técnica e de fundamentos é importante. E, quando operar qualquer produto financeiro, é preciso ter uma estratégia de gestão de riscos apropriada em vigor e utilizar os recursos integrados na plataforma de operações que ajudam a proteger sua conta, como as ferramentas Stop Loss e Take Profit.

O spread é a diferença entre o preço de Compra e o de Venda de uma criptomoeda específica, com o preço de Compra normalmente inferior ao preço de Venda. O spread mudará de acordo com a quantidade de liquidez e volatilidade nos mercados, por isso, é importante verificar os últimos preços antes de se envolver em uma operação.

Assim como nos dias da corrida pelo ouro, “minerar” criptomoedas é uma maneira de obter dinheiro de um recurso nominalmente gratuito. No entanto, a mineração de criptomoedas é uma tarefa tecnologicamente complexa.

Essencialmente, a mineração é a maneira pela qual uma nova unidade de criptomoeda entra em circulação — você pode pensar nela como algo equivalente, de certo modo, a cunhar uma moeda tradicional. Contudo, a maneira como isso acontece não é utilizando uma prensa, mas sim aplicando recursos computacionais significativos para resolver equações matemáticas complexas. 

À medida que os mineradores realizam seu trabalho, o que estão efetivamente fazendo é assumir o papel de um verdadeiro auditor, verificando blocos de transações de criptomoedas para assegurar que ninguém esteja tentando usar a mesma unidade de criptomoeda duas vezes. Como recompensa por ajudar a assegurar a validade da criptomoeda como um todo, o minerador é pago por meio da criação de uma nova unidade (ou subunidade) da criptomoeda subjacente. 

Esta é uma descrição extremamente simplificada da mineração de criptomoedas. Qualquer pessoa interessada em se tornar minerador de criptomoedas precisa estudar o tema detalhadamente antes de tudo.

Um “lote” normalmente é um termo utilizado em operações e representa uma unidade de um ativo específico. Por exemplo, ao fazer operações Forex, um lote é 100.000 unidades de uma moeda. Então, se você comprou 1 lote de USD, estaria comprando US$ 100.000 em USD.

No caso de CFDs de criptomoedas, lotes se referem a um valor definido da criptomoeda individual que um operador pode comprar ou vender em cada transação. Na Axi, 1 lote representa 1 “moeda” para a maioria das criptomoedas disponíveis, com exceção do Ripple (XRPUSD), cujo tamanho do contrato por 1 lote representa 1.000 moedas.

Usando o exemplo do Bitcoin vs. dólar dos EUA (BTCUSD), se um operador entrou em uma compra no tamanho de operação de 1 lote, para cada incremento de 0,1, o operador faria US$ 1.

Essencialmente, alavancagem significa tomar fundos emprestados de uma corretora para aumentar o tamanho de uma posição de operação individual para além do saldo em dinheiro que o operador poderá ter. Observe que embora a alavancagem possa representar lucros de mudanças de preços relativamente pequena em pares de moedas, ela também pode amplificar prejuízos.

Digamos que você tem US$ 1.000 em sua conta e decide abrir uma posição de US$ 10.000. Isso significa que você operará com 10 vezes alavancagem em sua conta (10.000/1000 = alavancagem de 10:1). Em operação de criptomoedas, não é incomum ver a alavancagem subir até 100:1. Isso significa que, para cada US$ 100 em sua conta, um indivíduo tem permissão para negociar até US$ 10.000 em valor. Em outras palavras, a conta do operador agora tem uma proporção de alavancagem de 100:1.

Se um indivíduo tiver a opção para abrir uma conta de operações com uma alavancagem de 500:1. Isso significa que para cada US$ 1 de depósito, a corretora emprestará a você US$ 500 efetivamente. Por sua vez, isso significa que o indivíduo está obtendo uma posição muito maior do que o valor inicial que foi depositado. 

É por esse motivo que a alavancagem pode ser uma faca de dois gumes, amplificando os lucros e as perdas. Portanto, é importante praticar uma negociação apropriada e gestão de riscos para assegurar que a alavancagem possa ser usada para vantagem do operador.

É bastante comum ver o termo “margem” quando operações são realizadas com alavancagem em uma conta de operações, na qual margem representa simplesmente uma porcentagem do valor total da sua operação. Para continuar o exemplo acima, com base em um requisito de margem de 10% e usando uma taxa de alavancagem de 100:1, a margem necessária para abrir uma posição de US$ 10.000 será US$ 100. 

“Margem livre” se refere à quantidade de fundos disponíveis para um operador para abrir uma posição. Por outro lado, “margem usada” se refere à quantidade de fundos utilizados para manter posições abertas atuais que ainda estiverem em execução. Você poderia pensar em “margem utilizada” como a quantia em dinheiro reservada do saldo da sua conta caso a posição oscile negativamente você até o ponto de liquidação.

Se essa “margem livre” tiver subido e não houver margem suficiente restante na conta de operações, se uma operação aberta tiver algum drawdown contra o operador, esse é o ponto em que a corretora emitirá um alerta de “chamada de margem” ao operador. Isso alerta o operador de que é preciso adicionar fundos à conta para manter a posição aberta. Se não houver margem adicional acrescentada, a corretora poderá fechar a posição para evitar novas perdas.

Abrir a sua conta. Negoceie em minutos.

Comece o seu percurso de negociação com um broker de confiança, regulado, multi-premiado.

Começar Iniciar Demo